Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Mísseis Kalibr destroem na Ucrânia grande quantidade de armas dos EUA e Europa, diz MD russo

© Sputnik / Denis Abramov / Abrir o banco de imagensNavio Grad Sviyazhsk, da Marinha russa, lança míssil de cruzeiro Kalibr durante treinamentos da Flotilha do Mar Cáspio (foto de arquivo)
Navio Grad Sviyazhsk, da Marinha russa, lança míssil de cruzeiro Kalibr durante treinamentos da Flotilha do Mar Cáspio (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 21.05.2022
Nos siga noTelegram
Mísseis de cruzeiro Kalibr de baseamento naval destruíram na região de Zhitomir grande quantidade de armas e equipamentos militares fornecidos às tropas ucranianas pelos EUA e Europa, informou neste sábado (21) o Ministério da Defesa da Rússia.
Nas últimas 24 horas meios de defesa antiaérea russos derrubaram uma aeronave de ataque ao solo ucraniana Su-25 na região de Kherson, 14 veículos aéreos não tripulados e oito projéteis do sistema múltiplo de foguetes Smerch, informou o major-general Igor Konashenkov, representante oficial do Ministério da Defesa russo.
Artilharia e forças de mísseis da Rússia eliminaram 77 postos de comando dos militares ucranianos, 43 subunidades de artilharia e morteiros, dez depósitos de munições, um sistema de defesa antiaérea Buk-M1 e duas baterias de sistemas múltiplos de foguetes Grad, além disso foram atingidas 602 áreas de concentração de militares e equipamentos do adversário.
Além do mais, "[…] na região de Odessa, na área do lago Sasik, foi atingido um campo de treinamento de forças de operações especiais do Exército da Ucrânia junto com o seu pessoal", disse Konashenkov.
O major-general também informou que a aviação de caças da Rússia derrubou em um combate aéreo perto de povoado de Belitskoe, na República Popular de Donetsk (RPD), um jato Su-25 ucraniano.
"Aviação tático-operacional e do Exército atingiu quatro postos de comando, 47 áreas de concentração de tropas e equipamentos militares das Forças Armadas ucranianas, destruindo também um depósito com munições na área de Drobyshevo [na república de Donetsk]", disse o representante da Defesa russa, acrescentando que no total na sequência dos ataques aéreos foram eliminados mais de 270 nacionalistas e danificadas 52 unidades de equipamentos militares.
Efetivos das Forças Armadas ucranianas deslocam mísseis FIM-92 Stinger produzidos nos EUA, no Aeroporto Boryspil, Kiev, Ucrânia, 13 de fevereiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 16.05.2022
Panorama internacional
Guerra por procuração do Ocidente não impedirá Rússia de concluir operação especial, diz diplomata
No total desde o início da operação militar especial russa foram destruídos "174 aeronaves, 125 helicópteros, 966 veículos aéreos não tripulados, 315 sistemas antiaéreos, 3.182 tanques e outros veículos de combate blindados, 402 lançadores múltiplos de foguetes, 1.614 peças de artilharia e morteiros e 3.054 veículos militares especiais", disse Konashenkov neste sábado (21) em comunicado à imprensa.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала