Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Militares da RPD vasculham Azovstal em busca de tropas ucranianas escondidas

© Sputnik / Aleksei Kudenko / Abrir o banco de imagensSapadores do batalhão Vostok da Milícia Popular da República Popular de Donetsk (RPD) contornam o território da fábrica destruída Azovstal em busca de minas e projéteis, Mariupol, 21 de maio de 2022
Sapadores do batalhão Vostok da Milícia Popular da República Popular de Donetsk (RPD) contornam o território da fábrica destruída Azovstal em busca de minas e projéteis, Mariupol, 21 de maio de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 21.05.2022
Nos siga noTelegram
Neste sábado (21), o líder da República Popular de Donestk, Denis Pushilin, afirmou que seus soldados estão vasculhando o subterrâneo da siderúrgica de Azovstal, em Mariupol, em busca de possíveis esconderijos utilizados por tropas ucranianas.
O anúncio de Pushilin foi veiculado pela televisão russa neste sábado (21), um dia após a Rússia anunciar que tomou controle total sobre a fábrica de Azovstal.

"Nós não descartamos que alguém ainda possa estar escondido lá [...]. Nós estamos procurando em cada sala, cada canto. Não tenho dúvidas de que vamos encontrar qualquer um que ainda possa estar lá", afirmou Pushilin.

© Sputnik / Aleksei Kudenko / Abrir o banco de imagensUm soldado do batalhão Vostok da milícia popular da República Popular de Donetsk (RPD) contorna o território da fábrica de Azovstal, em Mariupol, 21 de maio de 2022
Um soldado do batalhão Vostok da milícia popular da República Popular de Donetsk (RPD) contorna o território da fábrica de Azovstal, em Mariupol, 21 de maio de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 21.05.2022
Um soldado do batalhão Vostok da milícia popular da República Popular de Donetsk (RPD) contorna o território da fábrica de Azovstal, em Mariupol, 21 de maio de 2022
Na sexta-feira (20), o Ministério da Defesa da Rússia afirmou que a planta siderúrgica, localizada na região sul da cidade portuária de Mariupol, foi liberada de tropas ucranianas. O anúncio encerrou um impasse que durou mais de um mês no local. Um total de 2.439 soldados foram capturados desde o dia 16 de maio.
Pushilin disse ainda que seis soldados ucranianos morreram em uma tentativa frustrada de detonar depósitos de munição após a rendição da maior parte das tropas escondidas no local. Outros quatro soldados ficaram feridos como resultado da explosão.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала