Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Nas últimas 24 horas, renderam-se 771 combatentes do Batalhão Azov, comunica MD russo

© Sputnik / Ministério da Defesa da RússiaSoldados ucranianos que se renderam saem da siderúrgica Azovstal, em Mariupol, 18 de maio de 2022
Soldados ucranianos que se renderam saem da siderúrgica Azovstal, em Mariupol, 18 de maio de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 19.05.2022
Nos siga noTelegram
Segundo informou hoje, quinta-feira (19), o representante oficial do Ministério da Defesa russo, major-general Igor Konashenkov, nas últimas 24 horas, renderam-se 771 combatentes do Batalhão Azov.
Ao total, desde segunda-feira (16), da siderúrgica Azovstal, em Mariupol, se renderam 1.730 militantes, inclusive 80 feridos, de acordo com os dados oficiais da entidade.
Além disso, o militar russo informou que nas últimas 24 horas, a aviação do país atingiu 58 áreas de concentração de pessoal e equipamento militar na Ucrânia, eliminado mais de 340 nacionalistas.
A defesa antiaérea da Rússia abateu mais 15 drones ucranianos e interceptou 12 projéteis do sistema Smerch.
A artilharia das forças russas atingiu seis centros de comando na Ucrânia, 295 áreas de força viva e equipamento do Exército ucraniano, bem como 43 unidades de artilharia.
A aviação russa atingiu sete centros de comando das tropas ucranianas e 11 depósitos de munição na República Popular de Donetsk, conforme a pasta.
A Força Aeroespacial russa, por sua vez, destruiu, com mísseis de precisão, duas baterias ucranianas de sistemas de defesa antiaérea: uma S-300 na região de Nikolaev e uma do sistema Buk-M1 na República de Donetsk.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала