Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Kremlin comenta possível mitigação das sanções para passagem de navios ucranianos com grãos

© Host photo agency / Abrir o banco de imagensDmitry Peskov, porta-voz do presidente russo
Dmitry Peskov, porta-voz do presidente russo  - Sputnik Brasil, 1920, 17.05.2022
Nos siga noTelegram
O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, comentou a ideia de mitigar as sanções contra a exportação de fertilizantes russos para a passagem de navios ucranianos com grãos, ressaltando que os portos da região estão minados, o que oferece um alto risco para o transporte marítimo.
"O problema é que os portos ucranianos estão fortemente minados, e no momento a área é extremamente perigosa para o transporte marítimo. É necessária uma operação de desminagem. Essa é uma operação muito complexa, mas por enquanto o perigo para o transporte marítimo e para a navegação em geral nestas regiões é muito elevado", declarou.
Uma bandeira russa acena ao lado de uma das torres do Kremlin no centro de Moscou em 26 de fevereiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 17.05.2022
Panorama internacional
Kremlin sobre operação na Ucrânia: estamos seguros de que venceremos e cumpriremos todas as metas
Além disso, Peskov confirmou que a ideia foi comentada na recente reunião do presidente com o secretário-geral da ONU, António Guterres, que abordou a questão das sanções diretas e indiretas impostas aos fornecedores de fertilizantes russos.
"Realmente, a situação é difícil [...] não é por nossa culpa que tudo isso ocorre. Nossos fornecedores estão interessados em cumprir seus contatos comerciais internacionais, mas, infelizmente, foram impostas essas sanções que atingem o mundo todo como um bumerangue", afirmou.
Sobre uma possível abordagem relacionada à mitigação das sanções em troca da passagem de navios, Peskov observou que elas não foram impostas pelo Kremlin.
"Não precisamos retirar nada, são as sanções impostas pelos EUA, pelos países europeus e outros que devem ser levantadas. São precisamente essas sanções que impedem o avanço", adicionou.
Na segunda-feira (16), o jornal Wall Street Journal, citando fontes, informou que o secretário-geral da ONU pediu a Moscou para não impedir a saída de cargas de grãos dos portos ucranianos do mar Negro, e em troca prometeu colaborar para a mitigação das sanções contra os fertilizantes russos e belarussos.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала