Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Armas ocidentais na Ucrânia podem ser contrabandeadas para grupos terroristas, alertam especialistas

© Sputnik / Sergei AverinArmas em prédio capturado dos nacionalistas ucranianos em Mariupol
Armas em prédio capturado dos nacionalistas ucranianos em Mariupol - Sputnik Brasil, 1920, 15.05.2022
Nos siga noTelegram
Armas fornecidas à Ucrânia por países ocidentais podem acabar nas mãos de terroristas ou levar ao surgimento de novas organizações terroristas, disseram especialistas em segurança iraquianos à Sputnik.

"As armas americanas atualmente fornecidas à Ucrânia provavelmente serão contrabandeadas para extremistas, seja na Ucrânia ou fora, ou para grupos terroristas, incluindo o EI [Estado Islâmico-Khorasan, EI-K, organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países], a fim de armá-los ou criar novas organizações com outros nomes", disse Akila al-Taya, especialista em segurança, à Sputnik.

Como exemplo, al-Taya citou os eventos de 2014, quando o EI-K, que havia ocupado cidades no norte e no oeste do Iraque, tomou posse de grandes quantidades de equipamentos militares americanos e armas deixadas em bases militares.
Segundo outro especialista militar iraquiano, Jalil Khalaf, as armas que os Estados Unidos estão fornecendo à Ucrânia representam um perigo para "o mundo inteiro".
"A América enviou muitas armas e voluntários chamados neonazistas para a Ucrânia. Isso é um grande perigo não apenas para esses países, mas também para o mundo inteiro, porque ninguém descarta que essas armas possam ir para extremistas ou mesmo para o EI-K", disse Khalaf.
Soldados ucranianos durante treinamento, em 30 de outubro de 2020, em Zolochiv, na Ucrânia - Sputnik Brasil, 1920, 13.05.2022
Panorama internacional
Crise na Ucrânia pode levar a guerra nuclear entre EUA e Rússia? Especialistas debatem
Neste sábado (14), o embaixador russo nos Estados Unidos, Anatoly Antonov, afirmou que a situação na Ucrânia é "alarmante", com os Estados Unidos se aprofundando no conflito ao fornecer armas cada vez mais poderosas a Kiev.

"Os EUA estão sendo atraídos cada vez mais para um conflito com as consequências mais imprevisíveis para as duas potências nucleares", disse Antonov ao programa Soloviev Live.

Pekka Haavisto, ministro das Relações Exteriores da Finlândia, fala em coletiva de imprensa na sede da OTAN em Bruxelas, Bélgica, 24 de janeiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 14.05.2022
Panorama internacional
Finlândia quer manter a paz na fronteira com a Rússia, diz chanceler do país
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала