Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Defesa antiaérea da Rússia derruba caça Su-27 e 15 drones ucranianos, segundo MD russo

© Sputnik / Ministério da Defesa da RússiaSistema de defesa antiaérea Buk-M3 em Donbass durante a operação militar especial da Rússia na Ucrânia, foto publicada em 22 de março de 2022
Sistema de defesa antiaérea Buk-M3 em Donbass durante a operação militar especial da Rússia na Ucrânia, foto publicada em 22 de março de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 13.05.2022
Nos siga noTelegram
Durante as últimas 24 horas, os meios de defesa antiaérea da Rússia derrubaram um caça Su-27 na região da Carcóvia, bem como 15 veículos aéreos não tripulados em diferentes regiões, disse nesta sexta-feira (13) o major-general Igor Konashenkov, representante oficial do Ministério da Defesa russo.
O representante da Defesa informou que a aviação russa atingiu 153 áreas de acumulação de tropas e equipamentos militares das Forças Armadas da Ucrânia. Além disso, foi eliminada uma estação de radar de alerta e direcionamento, fabricada nos EUA.
"A aviação tático-operacional e do exército atingiu 15 áreas de concentração de tropas e equipamentos militares. Na região de Carcóvia foram destruídos dois sistemas de lançamento múltiplo de foguetes Grad e uma estação de radar de alerta e direcionamento de defesa antiaérea fabricada pelos EUA", disse Konashenkov.
Com uso de armas de alta precisão de baseamento aéreo e naval, as forças russas destruíram as instalações da refinaria de petróleo situada na cidade de Kremenchug, na região de Poltava.
O general russo acrescentou também que foram eliminados "depósitos de gasolina e gasóleo destinados a ser fornecidos às tropas ucranianas".
Desde o início da operação militar especial, as forças russas eliminaram "165 aviões, 125 helicópteros, 842 meios aéreos não tripulados, 304 sistemas de defesa antiaérea, 3.032 tanques e outros veículos de combate blindados, 368 lançadores múltiplos de foguetes, 1.491 peças de artilharia e morteiros, 2.869 veículos militares especiais", segundo Konashenkov.
Militares russos são retratados com equipamentos militares capturados (dez Javelins) durante a operação militar especial da Rússia na Ucrânia, perto da vila de Guta-Mezhigorskaya - Sputnik Brasil, 1920, 11.05.2022
Panorama internacional
Lavrov diz lamentar que ONU tenha perdido oportunidade de alcançar solução política na Ucrânia
Em 24 de fevereiro, a Rússia lançou uma operação militar especial na Ucrânia depois que as repúblicas populares de Donetsk (RPD) e Lugansk (RPL) solicitaram ajuda para defendê-las da intensificação dos ataques das tropas ucranianas.
O governo russo disse que o objetivo da operação é "desmilitarizar e desnazificar" a Ucrânia e que as ações miram apenas na infraestrutura militar do país vizinho.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала