Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Observador suíço explica por que Rússia se beneficiará do embargo europeu contra seu petróleo

© Foto / Pixabay / thelocalhbPlataforma petrolífera (imagem referencial)
Plataforma petrolífera (imagem referencial) - Sputnik Brasil, 1920, 11.05.2022
Nos siga noTelegram
Moscou pode beneficiar-se caso seja imposto o embargo pela União Europeia contra petróleo russo, acredita o observador do jornal suíço Neue Zurcher, Gerald Hosp.

"Já que a perda dos volumes russos no mercado petrolífero já bem tenso resultará na alta dos preços dos recursos energéticos, eventualmente Moscou pode ganhar ainda mais do que sem embargo imposto. Um preço mais alto compensa neste caso um menor volume", escreve o jornalista.

Ele ressalta que a planejada aplicação do embargo contra o combustível russo apenas aumentará ganhos para Moscou. Nesse desenvolvimento dos eventos, os preços crescerão em um momento, mas a Rússia continuará por algum tempo fornecendo à Europa um petróleo mais caro, esclarece Hosp.
Além do mais, acrescenta ele, a China e a Índia também serão beneficentes dessa situação porque poderão receber o petróleo russo por um preço mais barato.
Após o presidente Vladimir Putin ter anunciado o início da operação especial na Ucrânia, os países do Ocidente reforçaram a pressão sancionatória sobre Moscou. Muitos países anunciaram o congelamento dos ativos russos, enquanto cada vez mais surgem apelos de reduzir a dependência dos recursos de energia russos.
Bandeira rachada da União Europeia - Sputnik Brasil, 1920, 09.05.2022
Panorama internacional
Hungria impede UE de impor 6º pacote de sanções contra Rússia, indica Bloomberg
Agora, a Comissão Europeia discute o sexto pacote de restrições que prevê inclusive uma recusa gradual da importação do petróleo russo. Porém, vários países como Hungria, Eslováquia, Bulgária e República Tcheca exigem exceções para si, enquanto para o pacote ser aprovado, precisa de votação unânime de todos os membros da união.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала