Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Coreia do Sul ajudará economia norte-coreana se país se desnuclearizar, diz novo presidente

© AFP 2022 / JEON HEON-KYUNNovo presidente da Coreia do Sul, Yoon Suk-yeol, durante cerimônia de posse, Seul, 10 de maio de 2022
Novo presidente da Coreia do Sul, Yoon Suk-yeol, durante cerimônia de posse, Seul, 10 de maio de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 10.05.2022
Nos siga noTelegram
O recém-eleito presidente sul-coreano, Yoon Suk-yeol, prometeu hoje, terça-feira (10) facilitar o desenvolvimento da Coreia do Norte se o país realizar sua desnuclearização, relata o correspondente da Sputnik.
Yoon exortou a Coreia do Norte a "deter o desenvolvimento de armas nucleares e a efetuar a desnuclearização", prometendo também trabalhar rumo ao processo negocial, durante sua posse.

"Vou deixar a porta aberta para o diálogo com a Coreia do Norte quanto ao desenvolvimento das armas nucleares, que ameaçam a paz global e a Ásia, em prol de uma solução pacífica", declarou o novo presidente.

Ele constatou que a desnuclearização do Norte "não só estabelecerá uma paz duradoura na península [coreana], mas também vai contribuir significativamente para a prosperidade da Ásia e do mundo", e acrescentou que a Coreia do Sul vai "melhorar os padrões de vida dos norte-coreanos em cooperação com a comunidade global".
A cerimônia de posse de Yoon Suk-yeol, à qual assistiram cerca de 40.000 pessoas, aconteceu hoje perto do parlamento sul-coreano.
Kim Jong Un (E) e o presidente sul-coreano Moon Jae-in (D) caminhando juntos durante uma visita à pousada Samjiyon perto de Monte Paektu em Samjiyon (foto dr aquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 22.04.2022
Panorama internacional
Em fim de mandato, Moon Jae-in troca cartas com Kim Jong-un e recebe elogios do líder norte-coreano
Delegações do Reino Unido, Japão, China, Uzbequistão, bem como o segundo-cavalheiro dos Estados Unidos, Douglas Emhoff, o vice-presidente da China, Wang Qishan, e a presidente de Cingapura, Halimah Yacob, estiveram entre os presentes no evento.
A eleição presidencial na Coreia do Sul ocorreu em março, com uma participação eleitoral de 77,1%. Yoon ganhou com 48,56% dos votos, seguido por Lee Jae-Myung, do Partido Democrata, com 47,83%.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала