Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Canadá anuncia US$ 38,7 milhões adicionais em assistência militar à Ucrânia e sanções contra russos

© AP Photo / Efrem LukatskyPrimeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, e presidente ucraniano, Vladimir Zelensky, em 8 de maio de 2022.
Primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, e presidente ucraniano, Vladimir Zelensky, em 8 de maio de 2022.  - Sputnik Brasil, 1920, 08.05.2022
Nos siga noTelegram
O Canadá fornecerá US$ 38,7 milhões (R$ 196,3 milhões) adicionais em assistência militar à Ucrânia, segundo informou o gabinete do primeiro-ministro Justin Trudeau neste domingo (8).
Além disso, o país anunciou a introdução de novas sanções contra 40 pessoas da Rússia, incluindo 19 indivíduos do setor de defesa russo.
Envio de cadetes da unidade ucraniana Azov à zona conflituosa no sudeste ucraniano - Sputnik Brasil, 1920, 03.05.2022
Panorama internacional
Investigação aponta que Canadá treinou batalhão nazista Azov da Ucrânia
Os anúncios ocorreram logo em seguida à visita de Trudeau a Kiev neste domingo (8), quando as duas autoridades concederam uma entrevista coletiva de imprensa juntas.
"Hoje, o primeiro-ministro anunciou medidas e investimentos adicionais para continuar apoiando a Ucrânia, incluindo: Fornecer mais US$ 38,7 milhões R$ 196,3 milhões] em assistência militar, que se baseia em contribuições recentes de artilharia, munição e blindados leves de veículos padrão", disse o escritório em um comunicado.
O gabinete do primeiro-ministro acrescentou que o Canadá imporá novas sanções sob os "Regulamentos de Medidas Econômicas Especiais [contra a Rússia]".
O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, durante coletiva de imprensa em Ottawa, no dia 21 de março de 2021. - Sputnik Brasil, 1920, 19.04.2022
Panorama internacional
Canadá vai fornecer artilharia pesada para Ucrânia, anuncia Trudeau
As novas restrições se basearão nas medidas anunciadas no final de abril, de acordo com o gabinete de Trudeau.
O Canadá informou que terá como alvo "21 indivíduos russos adicionais, incluindo oligarcas e associados próximos do regime russo; e sancionará 19 indivíduos no setor de defesa russo, além de cinco entidades por fornecer apoio indireto ou direto aos militares russos".
A Rússia iniciou a operação militar especial, em 24 de fevereiro, com o objetivo de "desmilitarizar" e "desnazificar" a Ucrânia, após pedido de ajuda das repúblicas populares de Donetsk (RPD) e Lugansk (RPL) para combater ataques de tropas ucranianas.
A missão, segundo o Ministério da Defesa russo, tem como alvo apenas a infraestrutura militar da Ucrânia.
Além disso, as Forças Armadas da Rússia têm acusado militares ucranianos de usar "métodos terroristas" nos combates, como fazer civis de "escudo humano" e se alojar em construções não militares.
Banco Central da Rússia. - Sputnik Brasil, 1920, 19.04.2022
Panorama internacional
Canadá impõe sanções a filhas de Putin, empresários e presidente do Banco Central russo
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала