Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

MRE russo: EUA querem pressionar Coreia do Norte a mudar sua política, mas o jeito não funcionará

© AP Photo / Andrew HarnikNesta foto de arquivo de 27 de fevereiro de 2019, uma mulher segura as bandeiras dos EUA e da Coreia do Norte enquanto caminha em Hanói, no Vietnã
Nesta foto de arquivo de 27 de fevereiro de 2019, uma mulher segura as bandeiras dos EUA e da Coreia do Norte enquanto caminha em Hanói, no Vietnã - Sputnik Brasil, 1920, 04.05.2022
Nos siga noTelegram
O tempo da pressão sancionatória sobre a Coreia do Norte já passou; os EUA e países do Ocidente devem dar passos em direção a Pyongyang, disse à Sputnik o diretor do Departamento das Organizações Internacionais do MRE russo, Pyotr Ilyichev.

"Os americanos tentaram, após o lançamento do alegado míssil balístico intercontinental, aprovar uma nova resolução. Nós e a China dissemos claramente que agora o tempo da pressão sancionatória já passou. Ora, deem alguns passos em frente", insistiu Pyotr Ilyichev.

Ele chamou a atenção para o fato de a Coreia do Norte "estar sendo acusada de estar constantemente aperfeiçoando suas armas, mas vejam, a partir de 2018 não houve testes nem do armamento nuclear nem de mísseis. E o que o mundo respondeu? Nada", constatou o diplomata russo.
Nesta quarta-feira (3), a Coreia do Norte teria disparado um projétil não identificado em direção ao mar do Japão (também conhecido como mar do Leste), segundo divulgou a agência de notícias sul-coreana Yonhap. O lançamento provavelmente teria sido de um míssil balístico intercontinental. Esse foi o 14º teste de armas da Coreia do Norte registrado em 2022. O teste mais recente ocorreu em 16 de abril, quando uma arma tática foi testada.
Desfile militar realizado por ocasião do 90º aniversário da fundação do Exército da Coreia do Norte na praça Kim Il-sung em Pyongyang - Sputnik Brasil, 1920, 29.04.2022
Panorama internacional
Kim Jong-un diz que Exército norte-coreano deve reforçar suas capacidades para 'aniquilar o inimigo'
Nesse contexto a Rússia, porém, não acha que em meio ao aumento de frequência de lançamentos de mísseis por Pyongyang a situação na península Coreana possa sair fora do controle, disse o diplomata russo.

"A situação não está saindo fora do controle, mas lamentavelmente se mantém a triste tendência de os EUA e os países ocidentais decidirem por meio de pressão forçar a liderança norte-coreana a mudar sua política. Mas isso não funcionará", sublinhou.

Ao responder se é possível acontecerem confrontos não intencionais na região, o diplomata afirmou: "Não queria acreditar nisso, não acho que isso seja possível agora".
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала