Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Kremlin: Ucrânia é incoerente e muda de posição o tempo todo nas negociações com Rússia

© Sputnik / Vitaly BelousovTorre Spasskaya do Kremlin em Moscou, Rússia, foto publicada em 24 de março de 2022
Torre Spasskaya do Kremlin em Moscou, Rússia, foto publicada em 24 de março de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 04.05.2022
Nos siga noTelegram
Dmitry Peskov, porta-voz presidencial da Rússia, afirmou que a Ucrânia é incoerente e que muda sua posição constantemente nas negociações com a Rússia.
Além disso, ele afirmou que o Kremlin teria relatado que Kiev estaria planejando deixar as negociações com a Rússia.
"Não é possível afirmar que há uma dinâmica nas negociações, ao contrário. A incoerência ucraniana foi repetidamente citada por nós em diferentes níveis. Eles mudam de posição todos os dias, e estamos registrando estas conversas", afirmou.
O Kremlin reprova esta incoerência da Ucrânia e de seus negociadores, destacou Peskov.
"Não inspira confiança de que este processo de negociação possa terminar com sucesso", adicionou.
Porta-voz do presidente da Rússia, Dmitry Peskov, na 15ª coletiva de imprensa de Vladimir Putin, 19 de dezembro de 2019 - Sputnik Brasil, 1920, 10.04.2022
Panorama internacional
Putin se reunirá com chanceler da Áustria em 11 de abril, diz Peskov
Sobre Azovstal, Peskov afirmou que as ações russas ocorrem devido ao fato de o inimigo assumir posições de fogo, sendo assim, há a necessidade de reprimir suas tentativas.
"O comandante supremo deu publicamente a ordem para cancelar o ataque, não há ataque. Vemos que há ações de agravamento devido aos inimigos assumirem posições de fogo. Essas tentativas são reprimidas rapidamente. Não há mais nada a dizer neste caso", enfatizou.
Por fim, comentando a questão da viabilidade de contatos entre Rússia e EUA, o porta-voz afirmou que essas ações são determinadas pelos militares russos.
"É uma questão de viabilidade, que é determinada pelos nossos militares. Para mais detalhes, é necessário entrar em contato com eles", declarou.
Anteriormente, o porta-voz do Pentágono, John Kirby, afirmou que os russos não queriam dialogar com os EUA a nível de ministros da Defesa, quando Washington propôs essa conversa há algumas semanas.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала