Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Presidente do México garante que país será autossuficiente em combustíveis até 2023

© AFP 2022 / CLAUDIO CRUZO presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, fala durante sua coletiva de imprensa diária na Cidade do México, 28 de abril de 2022
O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, fala durante sua coletiva de imprensa diária na Cidade do México, 28 de abril de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 02.05.2022
Nos siga noTelegram
López Obrador indicou que seu país vai voltar sua produção de petróleo e gás para o abastecimento interno, desta forma não vai precisar comprar combustível no exterior.
No último domingo (1º), o presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, garantiu que seu país vai deixar de comprar gasolina em 2023, durante um discurso para o Dia Internacional dos Trabalhadores na refinaria Dos Bocas, no estado de Tabasco.
"Vamos inaugurar esta refinaria no dia 2 de julho, daqui a dois meses, para que os adversários não comecem a dizer que tudo vai ser uma enganação", anunciou, acrescentando que "a última refinaria que os neoliberais construíram foi Salina Cruz", há 40 anos.
Atualmente o México exporta petróleo bruto e compra gasolina. Para López Obrador "é como se vendêssemos laranjas e comprássemos suco de laranja", explicou.
"Agora é diferente. Agora vamos processar toda a nossa matéria-prima. No ano que vem vamos parar de comprar gasolina no exterior", continuou o presidente do país latino-americano. "Vamos ser autossuficientes", afirmou.
López Obrador mencionou que, quando a refinaria Dos Bocas estiver pronta e em operação, apenas 1.000 dos 35.000 trabalhadores ativos serão necessários, então o restante dos funcionários será transferido para outras obras, incluindo o Trem Maia.
Ainda sobre combustíveis, o mandatário declarou que já está em construção uma coqueria na cidade de Tula, cuja função é tratar o óleo combustível para convertê-lo em gasolina e, desta forma, rentabilizar o óleo e não haver contaminação. Ele também explicou que dentro de dois ou três meses vai começar a ser construída outra coqueria em Salina Cruz, no estado de Oaxaca.
Andrés Manuel López Obrador, presidente do México - Sputnik Brasil, 1920, 25.04.2022
Panorama internacional
López Obrador a Trump: nenhum partido dos EUA vai 'utilizar México como pinhata'
Em dezembro de 2021, o presidente do México anunciou a estratégia que seguiria para o país alcançar a autossuficiência energética até o final de seu mandato, em 2024. Em sua estratégia está o aumento da produção, a recuperação da estatal Petróleos Mexicanos (Pemex), a estabilização de preços, a regularização de trabalhadores e programas de abastecimento de gás para famílias de baixa renda.
A meta do chefe do Executivo é que em 2023 e 2024, os dois últimos anos de seu mandato, sejam produzidos cerca de dois bilhões de barris por dia, totalmente voltados para as necessidades do mercado mexicano e não apenas em 32%, conforme dados oficiais de 2018. Segundo a meta, espera-se que esse número aumente para 86% até 2024, o que garantiria a autossuficiência mexicana.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала