Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Finlândia quer reforçar estrutura de sua fronteira com Rússia em meio às tensões na Ucrânia

© AFP 2022 / LAURI HEINOA imagem mostra o tráfego de entrada para a Finlândia na estação fronteiriça de Nuijamaa entre a Finlândia e a Rússia em Lappeenranta, Finlândia, 17 de março de 2020
A imagem mostra o tráfego de entrada para a Finlândia na estação fronteiriça de Nuijamaa entre a Finlândia e a Rússia em Lappeenranta, Finlândia, 17 de março de 2020 - Sputnik Brasil, 1920, 02.05.2022
Nos siga noTelegram
De acordo com um alto funcionário do governo finlandês, melhorias estão previstas para reforçar as áreas críticas da cerca que separa o país da Rússia.
A Finlândia quer uma cerca mais forte em sua fronteira com a Rússia, disse o coronel Marko Turunen, comandante da Guarda de Fronteira da Carélia do Norte, à mídia local no último sábado (30). A notícia vem em meio ao impasse entre Moscou e o Ocidente sobre a operação militar especial da Rússia na Ucrânia.
Turunen explicou à MTV3 que as autoridades estão analisando o estado da cerca na fronteira, mas a escolha final para reforçá-la ainda não foi feita e nenhum trabalho foi feito até agora.
"Se tal decisão for tomada, procederemos de forma controlada e planejada", destacou.
A Rússia e a Finlândia compartilham uma fronteira terrestre de 1.343 km. Segundo a MTV3, o lado finlandês está protegido apenas "por uma cerca de arame farpado fina e enferrujada".
Turunen disse que uma barreira mais forte está planejada para áreas críticas e de alto risco, incluindo passagens de fronteira e áreas próximas. Ele se recusou a revelar os detalhes sobre o comprimento estimado do reforço planejado e sua construção.
Mevlut Cavusoglu, ministro das Relações Exteriores da Turquia, durante coletiva de imprensa com seu homólogo brasileiro Carlos Franca (fora da foto) no Palácio Itamaraty, Brasilia, Brasil, 25 de abril de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 02.05.2022
Panorama internacional
Turquia reitera que OTAN não intervirá no conflito da Ucrânia, mas responderá a qualquer agressão
A ministra do Interior, Krista Mikkonen, disse à MTV3 que "a capacidade da Finlândia de manter a segurança nas fronteiras precisa ser fortalecida e sua preparação para crises deve ser melhorada".
Riikka Purra, parlamentar e chefe de um partido de direita finlandês, apoiou a ideia. "Construções são, é claro, sempre caras, mas nada é tão valioso quanto a nossa segurança", disse ela ao canal.
A operação da Rússia na Ucrânia iniciada no final de fevereiro gerou discussões sobre se a Finlândia e a Suécia deveriam reconsiderar sua política de longa data de não alinhamento militar e ingressar na Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN). Em um relatório apresentado ao parlamento no mês passado, o governo finlandês argumentou que a adesão ao bloco liderado pelos EUA "aumentaria a estabilidade da região no longo prazo", mas também poderia resultar em um "aumento das tensões" ao longo da fronteira com a Rússia.
Exercícios militares da OTAN na Polônia - Sputnik Brasil, 1920, 01.05.2022
OTAN inicia exercícios liderados pelos EUA com cerca de 18 mil militares na Europa
O Kremlin disse repetidamente que vê a expansão da organização para o leste como uma ameaça à segurança nacional. O ex-presidente russo Dmitry Medvedev, que agora é vice-presidente do Conselho de Segurança do país, alertou que Moscou vai enviar tropas adicionais para seu flanco ocidental se a Finlândia ou a Suécia se juntarem à OTAN.
A Rússia lançou sua operação especial militar na Ucrânia em atendimento ao pedido de ajuda das repúblicas populares de Donetsk (RPD) e Lugansk (RPL), após o fracasso de Kiev em implementar os termos dos acordos de Minsk, assinados pela primeira vez em 2014.
Desde então, para estabelecer um acordo de paz, o Kremlin pede que a Ucrânia se declare oficialmente um país neutro que nunca ingressará na OTAN.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала