Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Estado Islâmico-Khorasan reivindica ataque à mesquita Khalifa Sahib, em Cabul

© AFP 2022 / Wakil KohsarExplosão atingiu mesquita Khalifa Sahib, em Cabul, no Afeganistão, em 29 de abril de 2022. Atentado foi reivindicado pelo Estado Islâmico-Khorasan e, segundo líder religioso, deixou ao menos 50 pessoas mortas e 15 feridas
Explosão atingiu mesquita Khalifa Sahib, em Cabul, no Afeganistão, em 29 de abril de 2022. Atentado foi reivindicado pelo Estado Islâmico-Khorasan e, segundo líder religioso, deixou ao menos 50 pessoas mortas e 15 feridas - Sputnik Brasil, 1920, 30.04.2022
Nos siga noTelegram
O Estado Islâmico-Khorasan (EI-K) (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) assumiu a autoria do ataque à mesquita Khalifa Sahib, em Cabul, no Afeganistão, ocorrido na sexta-feira (29).
O atentado, segundo a liderança religiosa da mesquita, deixou ao menos 50 pessoas mortas e 15 feridas. Anteriormente, o vice-porta-voz do Ministério do Interior afegão, Besmullah Habib, havia confirmado dez vítimas fatais.
Os fiéis haviam se reunido no local para celebrar a última sexta-feira do Ramadã, nono mês do calendário islâmico, em que a maioria dos muçulmanos pratica o jejum.
Conforme noticiou a agência Reuters, o ataque ocorreu quando os religiosos realizavam uma congregação conhecida como Zikr, ato de devoção islâmica praticado por alguns muçulmanos, mas visto como uma heresia por grupos radicais.
O atentado ocorreu apenas uma semana após o último grande ataque no país, quando ao menos 33 pessoas morreram e 43 ficaram feridas por uma explosão na mesquita Mazar-i-Sharif, em Kunduz.
Fuzileiros navais no Portão Abbey antes de ataque terrorista fora do Aeroporto Internacional em Cabul, Afeganistão, 26 de agosto de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 13.02.2022
Panorama internacional
Relatório do Comando Central dos EUA enumera falhas durante retirada do Afeganistão
O Talibã (organização sob sanções da ONU) assumiu o comando do país em agosto de 2021, provocando a retirada caótica das tropas da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN).
O Estado Islâmico-Khorasan (EI-K), um ramo do Daesh (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países), atua no Afeganistão e no Paquistão.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала