Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Sistema de defesa aéreo foi usado na região de Kursk, na Rússia; não há registros de feridos

© Sputnik / Ministério da Defesa da Rússia / Abrir o banco de imagensCaça MiG-31 russo simulando interceptação de avião inimigo tentando entrar no espaço aéreo da Rússia em alta altitude e velocidade supersônica, durante exercício militar no Ártico
Caça MiG-31 russo simulando interceptação de avião inimigo tentando entrar no espaço aéreo da Rússia em alta altitude e velocidade supersônica, durante exercício militar no Ártico - Sputnik Brasil, 1920, 27.04.2022
Nos siga noTelegram
O governador russo da região de Kursk, Roman Starovoit, disse que o sistema de defesa aérea regional funcionou durante a madrugada desta quarta-feira (27).
Ainda de acordo com ele, não houve vítimas ou destruição de prédios residenciais ou outras áreas.
"Esta noite, às 02h45 (20h45 de Brasília), muitos moradores de Kursk ouviram estrondos. Os detalhes do incidente estão sendo especificados. De acordo com dados preliminares, o sistema de defesa aérea funcionou. Não há vítimas ou destruição de locais. Darei detalhes um pouco depois", disse Starovoit em comunicado.
Em 24 de fevereiro, a Rússia lançou uma operação militar especial na Ucrânia após as repúblicas populares de Donetsk (RPD) e Lugansk (RPL) pedirem ajuda para se defender dos ataques das tropas ucranianas.
Somente a infraestrutura militar do país está sendo visada pelo Exército da Federação da Rússia.
Moscou disse, em diversas ocasiões, que não mantém planos de ocupar o país ou tampouco de usar armas nucleares no conflito.
Desde que a Rússia lançou sua operação militar em fevereiro, os EUA forneceram pelo menos US$ 3,7 bilhões (R$ 18,3 bilhões) para apoiar as defesas da Ucrânia, com por volta de outros 30 países doando US$ 1,3 bilhão (R$ 6,4 bilhões), disse a Casa Branca nesta terça-feira (26).
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала