- Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Carlos França recebe Cavusoglu no Itamaraty para estreitar laços entre Brasil e Turquia

© Folhapress / Fátima MeiraO Ministro das Relações Exteriores Carlos França, recebe o ministro de negócios estrangeiros da Turquia, Mevlut Cavusoglu, no Itamaraty em Brasília (DF), 25 de abril de 2022
O Ministro das Relações Exteriores Carlos França, recebe o ministro de negócios estrangeiros da Turquia, Mevlut Cavusoglu, no Itamaraty em Brasília (DF), 25 de abril de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 25.04.2022
Nos siga noTelegram
De acordo com Ministério das Relações Exteriores brasileiro, um dos temas abordados durante a visita da autoridade turca foi a crise ucraniana e como os dois países podem ajudar no conflito "através de sua vasta experiência".
Nesta segunda-feira (25), o Itamaraty recebeu em sua sede, a convite do ministro das Relações Exteriores, Carlos Alberto França, o ministro dos Negócios Estrangeiros da Turquia, Mevlut Cavusoglu.
Segundo a nota publicada pela chancelaria brasileira, a autoridade turca também será recebida pelo presidente, Jair Bolsonaro (PL), e serão discutidos temas "prioritários das agendas bilateral e regional, com ênfase na situação na Ucrânia, na qual a Turquia tem desempenhado relevante papel diplomático", afirmou a pasta.

"No âmbito bilateral, ocorrerá a IV Reunião da Comissão de Cooperação Conjunta de Alto Nível, na qual serão discutidas iniciativas conjuntas nos setores de defesa, turismo, cooperação, investimentos e educação. A revitalização da Comissão insere-se no Plano de Ação da Parceria Estratégica entre o Brasil e a Turquia", diz o texto.

O Itamaraty ressalta que serão "assinados instrumentos de cooperação nas áreas de turismo e cultura" e que o Brasil "é o primeiro parceiro estratégico da Turquia na América do Sul e principal parceiro comercial de Ancara na região".
© Folhapress / Fátima MeiraO Ministro das Relações Exteriores Carlos França, recebe o ministro de negócios estrangeiros da Turquia, Mevlut Cavusoglu no Itamaraty em Brasília (DF), 25 de abril de 2022
O Ministro das Relações Exteriores Carlos França, recebe o ministro de negócios estrangeiros da Turquia, Mevlut Cavusoglu no Itamaraty em Brasília (DF), 25 de abril de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 25.04.2022
O Ministro das Relações Exteriores Carlos França, recebe o ministro de negócios estrangeiros da Turquia, Mevlut Cavusoglu no Itamaraty em Brasília (DF), 25 de abril de 2022
Em um texto assinado pelo ministro turco para Folha de São Paulo, Cavusoglu destaca a parceria de Brasília com Ancara iniciada em 2010, o que demonstra que a distância geográfica não é um problema quando dois Estados querem desenvolver cooperação.
"[…] De fato, a parceria estratégica estabelecida entre os dois países em 2010 constitui um exemplo de que as distâncias geográficas não são um obstáculo à cooperação para países que partilham valores, princípios e aspirações na busca da democracia, da paz global e da estabilidade", afirma o ministro.
Cavusoglu também chamou atenção para o volume do comércio bilateral entre as duas nações, o qual, segundo ele, "já atingiu quase US$ 5 bilhões [R$ 24,4 bilhões]".
Por fim, a autoridade turca ressalta que a parceria entre Brasil e Turquia pode ser benéfica para resolução da crise ucraniana, uma vez que "a vasta experiência" de ambos os países pode ajudar no conflito.
Em Ancara, o presidente da Turquia Recep Tayyip Erdogan discursa após uma reunião de gabinete, em 26 de abril de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 19.04.2022
Panorama internacional
Erdogan: crise na Ucrânia mostra valor da Turquia para o Ocidente
"Estamos atravessando tempos imensamente difíceis em termos de paz e segurança internacionais, como é evidente pela trágica guerra da Ucrânia [operação militar] e os nossos países, com as suas vastas experiências e capacidades, podem acrescentar valor à forma como abordamos essas questões de interesse comum. A Turquia está pronta e disposta a estabelecer uma parceria com o Brasil nesse sentido", completou.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала