Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Nicarágua abandona todos os mecanismos da OEA e expulsa organização do país

© REUTERS / Mídia AssociadaUm homem passa por uma faixa que representa o presidente da Nicarágua, Daniel Ortega, e a vice-presidente Rosario Murillo, antes das últimas eleições presidenciais do país, em Manágua, Nicarágua, 2 de novembro de 2021
Um homem passa por uma faixa que representa o presidente da Nicarágua, Daniel Ortega, e a vice-presidente Rosario Murillo, antes das últimas eleições presidenciais do país, em Manágua, Nicarágua, 2 de novembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 24.04.2022
Nos siga noTelegram
O governo da Nicarágua decidiu retirar-se de todos os mecanismos relacionados à Organização dos Estados Americanos (OEA) e fechar seu escritório em território nicaraguense, anunciou o Ministério das Relações Exteriores do país, neste domingo (24).

"Ratificamos nossa decisão invariável de deixar a OEA, conforme expressa em 19 de novembro de 2021", diz o comunicado.

A nota destaca que a Nicarágua não só não terá presença na OEA, como "nem esta infame organização, consequentemente, terá escritórios em nosso país".
Na última quinta-feira (21), a Organização dos Estados Americanos suspendeu, por 25 votos a 0, o status da Rússia como membro permanente da organização.
Os resultados da votação também contaram com oito abstenções e uma ausência, justamente da Nicarágua.
© AFP 2022 / EVA MARIE UZCATEGUIForum da Organização dos Estados Americanos (OEA), Flórida, EUA, 5 de maio de 2021
Forum da Organização dos Estados Americanos (OEA), Flórida, EUA, 5 de maio de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 24.04.2022
Forum da Organização dos Estados Americanos (OEA), Flórida, EUA, 5 de maio de 2021
No início do mês, a Rússia também foi suspensa do Conselho de Direitos Humanos (CDH) das Nações Unidas.
O Ministério das Relações Exteriores da Nicarágua descreveu a suspensão da Rússia do órgão como uma "violação da lei internacional" e um ato de agressão contra o povo russo.
Manágua votou contra a resolução, apoiada pelos EUA e seus aliados, comentando que "qualquer ação com o objetivo de excluir ou suspender a participação de países" é "incompatível com a Carta das Nações Unidas".
Vice-presidente da Comissão Europeia para Valores e Transparência, Vera Jourova, na sede da UE em Bruxelas, na Bélgica, em 26 de maio de 2021.  - Sputnik Brasil, 1920, 24.04.2022
Panorama internacional
UE: Países do bloco vão enfrentar 'grande crise energética' se importações russas forem proibidas
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала