Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Mais de 821 mil civis já foram evacuados para a Rússia, sendo 151 mil crianças, diz MD russo

© Sputnik / Sergei AverinEm Rostov, na Rússia, moradores da República Popular de Donetsk (RPD) caminham na estação ferroviária de Debaltsevo durante a evacuação para o território russo, em 19 de fevereiro de 2022.
Em Rostov, na Rússia, moradores da República Popular de Donetsk (RPD) caminham na estação ferroviária de Debaltsevo durante a evacuação para o território russo, em 19 de fevereiro de 2022. - Sputnik Brasil, 1920, 15.04.2022
Nos siga noTelegram
Mais de 23 mil civis foram evacuados da região de Donbass para a Rússia nesta sexta-feira (15), informou o coronel-general Mikhail Mizintsev, diretor do Centro Nacional de Gerenciamento de Defesa da Rússia.
Agora o número de pessoas que se deslocaram com suporte da Rússia desde o início da operação militar especial na Ucrânia é 821.320. Destas, 151.737 são crianças.
"Nas últimas 24 horas, 23.083 pessoas foram evacuadas para a Rússia das repúblicas populares de Donetsk (RPD) e Lugansk (RPL), sem qualquer participação do lado ucraniano. 2.318 delas são crianças. No total, desde o início da operação militar especial, já foram evacuadas 821.320 pessoas, das quais 151.737 crianças", disse Mizintsev.
O número desta sexta-feira (15) poderia ser um pouco maior.
Isso porque, segundo o diretor do Centro Nacional de Gerenciamento de Defesa, "militantes" nacionalistas ucranianos detiveram mais de 830 pessoas na cidade de Liman, na região de Donbass, sob a acusação de que os detidos seriam pró-russos.
© Sputnik / Aleksei KudenkoMulher diante de casa destruída em Nikolaevka, na República Popular de Donetsk.
Mulher junto de casa destruída em Nikolaevka, República Popular de Donetsk - Sputnik Brasil, 1920, 15.04.2022
Mulher diante de casa destruída em Nikolaevka, na República Popular de Donetsk.
A Rússia iniciou a operação especial, em 24 de fevereiro, com o objetivo de "desmilitarizar" e "desnazificar" a Ucrânia, após pedido de ajuda da RPD e da RPL para combater ataques de tropas ucranianas.
A missão, segundo o Ministério da Defesa russo, tem como alvo apenas a infraestrutura militar da Ucrânia.
Além disso, as Forças Armadas da Rússia têm acusado militares ucranianos de usar "métodos terroristas" nos combates, como fazer civis de "escudo humano" e se alojar em construções não militares.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала