- Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Bolsonaro diz que França é 'exemplo' para o Brasil

© AFP 2022 / Jacques WittO presidente francês, Emmanuel Macron, ao lado do presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, durante cúpula do G20 em 2019, no Japão.
O presidente francês, Emmanuel Macron, ao lado do presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, durante cúpula do G20 em 2019, no Japão. - Sputnik Brasil, 1920, 15.04.2022
Nos siga noTelegram
Jair Bolsonaro criticou o sistema eleitoral e afirmou que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deve aceitar as "sugestões" dos militares para "aperfeiçoar" o processo.
"Parabéns à França", disse o presidente Jair Bolsonaro em sua transmissão semanal nesta quinta-feira (14). Segurando a impressão de uma foto que mostra uma urna de vidro cheia de canhotos de papel, o brasileiro parabenizou o processo eleitoral francês.
Embora crítico do presidente Emmanuel Macron, Jair Bolsonaro disse que "gostou de acompanhar as notícias sobre as eleições presidenciais na França".

"Um país muito mais desenvolvido do que nós votando no papel. Que exemplo para nós", comentou.

Em seguida, ele voltou a questionar a lisura do processo eleitoral: "Aqui tem um pessoal que fala: 'Meu sistema é inviolável'. Mas quando o Exército apresenta sugestões para aperfeiçoar o sistema, o pessoal diz que não se pode demonstrar tudo que está ali porque algum hacker pode entrar".
Emmanuel Macron, presidente da França, durante coletiva de imprensa em Moscou - Sputnik Brasil, 1920, 13.04.2022
Panorama internacional
'Frexit': Macron acusa Le Pen de ter plano para retirar França da União Europeia
Para o presidente do Brasil, "a urna não é inviolável, é penetrável sim". Ele ainda lembrou da participação do Exército em debates com o Tribunal Superior Eleitoral: "Para deixar bem claro, as Forças Armadas não estão se intrometendo no TSE. Foi a Justiça que convidou as Forças Armadas a participar do sistema eleitoral".
Concluindo seu argumento sobre as diferenças entre o processo eleitoral no Brasil e na França, Bolsonaro disse que com a presença dos militares as "eleições [no Brasil] serão tranquilas, sem problemas, só questões técnicas. Não vai ter voto impresso, voto no papel".
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала