Pessoas usando máscaras de proteção caminham por rua em Paris, França, 27 de maio de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Sociedade e cotidiano
As principais notícias, reportagens e artigos sobre sociedade e a rotina cotidiana.

'Elo perdido' recém-descoberto do Universo primitivo pode revelar origem dos buracos negros (FOTO)

© Foto / NASA/CXC/M. WeissBuraco negro com uma radiografia
Buraco negro com uma radiografia  - Sputnik Brasil, 1920, 14.04.2022
Nos siga noTelegram
Considerado o "elo perdido" do Universo primitivo, o buraco negro em crescimento foi encontrado por uma equipe internacional de astrônomos com a ajuda dos dados do Telescópio Espacial Hubble.
O corpo celeste recém-descoberto é uma conexão importante entre as galáxias jovens em formação estelar e os primeiros buracos negros supermassivos, segundo a NASA.
Além disso, o objeto, chamado GNz7q, é o primeiro buraco negro de rápido crescimento detectado no Universo primitivo, ou seja, um "elo perdido" entre as galáxias com explosão estelar e quasares brilhantes, aponta estudo publicado na revista Nature.
"Nossa análise sugere que o GNz7q é o primeiro exemplo de um buraco negro de rápido crescimento no núcleo poeirento de uma galáxia com explosão estelar em uma época próxima ao primeiro buraco negro supermassivo conhecido no Universo", explicou o astrônomo Seiji Fujimoto.
A astronomia aponta que os buracos negros de rápido crescimento começam suas vidas em núcleos envoltos de poeira galáctica antes de expelir gases e emergir como quasares extremamente luminosos, além de brilharem com frequências de ondas de raios X e ultravioleta.
© Foto / NASA, ESA, Garth Illingworth (UC Santa Cruz), Pascal Oesch (UC Santa Cruz, Yale), Rychard Bouwens (LEI), I. Labbe (LEI), Cosmic Dawn Center/Niels Bohr Universidade de Copenhague, DinamarcaO objeto, chamado GNz7q, é o primeiro buraco negro de rápido crescimento detectado no Universo primitivo, ou seja, um "elo perdido" entre as galáxias com explosão estelar e quasares brilhantes
O objeto, chamado GNz7q, é o primeiro buraco negro de rápido crescimento detectado no Universo primitivo, ou seja, um elo perdido entre as galáxias com explosão estelar e quasares brilhantes - Sputnik Brasil, 1920, 14.04.2022
O objeto, chamado GNz7q, é o primeiro buraco negro de rápido crescimento detectado no Universo primitivo, ou seja, um "elo perdido" entre as galáxias com explosão estelar e quasares brilhantes
No entanto, o GNz7q só brilhou na ultravioleta, enquanto a luz de raios X era invisível, mesmo com dados mais detalhados do Hubble, o que indica que o núcleo do disco de acreção ainda está obscurecido.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала