Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Comissão Europeia: pagamento em rublos por gás russo seria 'violação das sanções' contra Rússia

© Sputnik / Sputnik / Grigory SysoevUm placar eletrônico com taxas de câmbio em uma rua em Moscou, 11 de abril de 2022
Um placar eletrônico com taxas de câmbio em uma rua em Moscou, 11 de abril de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 14.04.2022
Nos siga noTelegram
Segundo o órgão europeu, ao pagar em rublos, a UE "entregará o controle total ao Estado russo por meio de seu Banco Central".
De acordo com a Bloomberg, a Comissão Europeia alertou os Estados-membros do bloco europeu que os pagamentos pelo gás russo em rublos significariam uma violação das sanções impostas contra Moscou.
A mídia relata que a análise apresentada pelo órgão da União Europeia mostra que o decreto do presidente russo, Vladimir Putin, "altera consideravelmente" o procedimento e cria uma "nova situação jurídica".
Ao mesmo tempo, o novo sistema de pagamentos "entregará o controle total ao Estado russo por meio de seu Banco Central" no momento em que a transação for considerada concluída e o comprador cumprir suas obrigações contratuais, diz o texto.
"O mecanismo violará as medidas restritivas que a UE adotou em resposta à invasão [operação militar] da Ucrânia pela Rússia, aplicadas ao governo russo, seu Banco Central e seus agentes", segundo a fonte citada pela Bloomberg.
Por outro lado, os pagamentos em rublos também podem comprometer outras restrições impostas a diferentes instrumentos do mercado financeiro que podem ser emitidos pelo Gazprombank.
Modelo de bomba de gasolina em frente de logotipo da Gazprom em 25 de março de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 04.04.2022
Panorama internacional
Empresa húngara MVM discute pagamentos de gás em rublos com gigante russa Gazprom
No dia 31 de março, Putin enfatizou que, se os pagamentos não forem feitos, Moscou considerará default. O presidente também alertou que os contratos atuais serão suspensos caso os clientes se recusem a cumprir essa nova exigência de Moscou.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала