Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Incêndio no cruzador Moskva detona munições e obriga evacuação, diz MD da Rússia

© AFP 2022Cruzador de mísseis russo Moskva em patrulha no mar Mediterrâneo, ao largo da costa da Síria, em 17 de dezembro de 2015
Cruzador de mísseis russo Moskva em patrulha no mar Mediterrâneo, ao largo da costa da Síria, em 17 de dezembro de 2015 - Sputnik Brasil, 1920, 13.04.2022
Nos siga noTelegram
O cruzador de mísseis russo Moskva, carro-chefe da Frota do Mar Negro, foi atingido por fogo pesado e teve suas munições detonadas, informou o Ministério da Defesa da Rússia no início da madrugada desta quinta-feira (14), no horário de Moscou (noite de quarta-feira, 13, em Brasília).
"A munição foi detonada como resultado do incêndio que atingiu o cruzador de mísseis Moskva. O navio foi seriamente danificado", disse o ministério, em comunicado.
De acordo com o ministério, todos os membros da tripulação foram evacuados com segurança. As causas do incêndio ainda estão sendo investigadas.
Além do cruzador de mísseis Moskva, a Frota do Mar Negro conta com três fragatas de mísseis da classe Admiral Grigorovich, navios de patrulha da classe Krivak e seis novos submarinos diesel-elétricos, que são apoiados por lanchas auxiliares menores, fortalecendo as capacidades da Marinha.
© Sputnik / Vasily Batanov / Abrir o banco de imagensNavio de guerra cruzador Moskva
Navio de guerra cruzador Moskva - Sputnik Brasil, 1920, 13.04.2022
Navio de guerra cruzador Moskva. Foto de arquivo
Em novembro do ano passado, o editor do portal norte-americano Business Insider Konstantin Atlamazoglu, ao ressaltar a importância estratégica do mar Negro — que liga o Cáucaso com o continente europeu —, afirmou que a região ocupa posição de destaque na engenharia de defesa de Moscou.
"A superioridade nestas águas não apenas garante a segurança do país [Rússia], como permite espalhar sua influência e desafiar a OTAN", disse o jornalista à época.
Há um ano, em abril de 2021, o cruzador de mísseis Moskva conduziu, pela primeira vez no mar Negro, um lançamento de míssil antinavio de cruzeiro Vulkan, que atingiu um alvo de superfície a uma distância de 30 quilômetros, conforme informou a Frota do Mar Negro na ocasião.
Militares norte-americanos - Sputnik Brasil, 1920, 12.04.2022
Panorama internacional
Mídia americana pede aos EUA menos gastos com defesa e mais diálogo
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала