Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

'Frexit': Macron acusa Le Pen de ter plano para retirar França da União Europeia

© Sputnik / Sergei Guneev / Abrir o banco de imagensEmmanuel Macron, presidente da França, durante coletiva de imprensa em Moscou
Emmanuel Macron, presidente da França, durante coletiva de imprensa em Moscou - Sputnik Brasil, 1920, 13.04.2022
Nos siga noTelegram
De acordo com o líder francês, a saída de Paris da UE não é boa, uma vez que o bloco "é um espaço de paz, cultura e valores democráticos que mudou a vida deste país". Do outro lado, Le Pen afirma que não seria contra um referendo no estilo do Brexit na França.
O presidente francês, Emmanuel Macron, acusou sua rival nas eleições presidenciais, Marine Le Pen, de ter um plano secreto "Frexit" que prevê a retirada da França da União Europeia e a formação de uma aliança de direita com a Polônia e a Hungria.
"Ela quer sair, mas não ousa dizer isso, e isso nunca é bom. Ela diz que quer uma aliança de Estados-nações, mas vai se ver encurralada e vai tentar fazer uma aliança com seus amigos", afirmou Macron em um de seus comícios.
Ainda de acordo com o mandatário francês, o suposto "clube" de Le Pen com Varsóvia e Budapeste seria "estranho" e "não é bom" para a França ou a Europa.
Em sua visão, a União Europeia "é um espaço de paz, cultura e valores democráticos que mudou a vida deste país [França]".
Já Le Pen, critica o bloco europeu por seu federalismo, argumentando que seus Estados-membros poderiam ser mais independentes em suas políticas. Recentemente, ela disse que a Europa é muito dependente do petróleo e gás russos, declarando que preferiria que Paris estivesse fora do mercado europeu de energia.
© AFP 2022 / Julien de RosaLe Pen e Macron, os dois candidatos à presidência da França (foto de arquivo)
Le Pen e Macron, os dois candidatos à presidência da França (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 13.04.2022
Le Pen e Macron, os dois candidatos à presidência da França (foto de arquivo)
De acordo com a revista Time, a candidata de direita também não se oporia a um referendo no estilo do Brexit na França caso ela vença o segundo turno das eleições presidenciais.
"No caso de um referendo contrário aos interesses fundamentais do país, o presidente e a Assembleia Nacional podem se opor, mas não é o caso de uma saída da UE. Os franceses podem reavaliar sua presença nas organizações internacionais que escolherem", afirmou Le Pen segundo a revista.
No entanto, um dos políticos regionais do partido de Le Pen, o Rally Nacional, disse à mídia que "o Frexit está fora da agenda", sugerindo que a líder da sigla optaria por "enfraquecer" a União Europeia, estabelecendo laços mais estreitos com figuras como o primeiro-ministro da Hungria, Viktor Orbán.

"Existem tantos outros países com opiniões semelhantes no Parlamento da UE que achamos que podemos mudar a UE a partir de dentro", disse o político não identificado à mídia.

O segundo turno das eleições francesas acontece no dia 24 de abril. Anteriormente, no domingo (10), Macron venceu o primeiro turno com 27,84% dos votos, enquanto Le Pen teve 23,15%, conforme noticiado.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала