- Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Guedes diz que privatização da Eletrobras acontecerá em breve: 'Em até 4 semanas'

© Alan SantosPalavras do Ministro da Economia, Paulo Guedes em Brasília (foto de arquivo)
Palavras do Ministro da Economia, Paulo Guedes em Brasília (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 12.04.2022
Nos siga noTelegram
Pasta da Economia está em uma corrida contra o tempo para privatizar estatal, uma vez que acredita que tal passo "é fundamental para garantir a segurança energética do Brasil". Governo visa realizar venda até maio.
O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse na segunda-feira (11), que o processo de privatização da Eletrobras está na reta final e acontecerá em um futuro próximo "entre duas a quatro semanas", disse o ministro segundo a revista Época.
A mídia afirma que a ação ainda depende do aval do Tribunal de Contas da União (TCU), entretanto, Guedes disse acreditar que o relator do processo, Aroldo Cedraz, deve entregar o relatório sobre o tema "o mais rápido possível".
"O TCU trabalhou conosco por 2 anos em todos os problemas que poderiam existir. Todo o futuro da energia brasileira depende disso", completou o ministro.
O chefe da Economia tem pressionado para que o processo ocorra mais rapidamente, e mencionou na semana passada que a crise ucraniana está pressionando o país a "acelerar a transição energética", e que a privatização da companhia é importante para garantir investimentos no setor, de acordo com o Correio Braziliense.
Presidente do Banco Central do Brasil, Roberto Campos Neto, durante cerimônia no Palácio do Planalto em Brasília, 24 de fevereiro de 2021  - Sputnik Brasil, 1920, 23.03.2022
Notícias do Brasil
Brasil pode se beneficiar e ter chance de inserção global com crise ucraniana, diz presidente do BC
Segundo Guedes, a privatização da Eletrobras é um passo fundamental para garantir a segurança energética do Brasil a longo prazo, bem como investimentos em energia limpa.
Para ele, enquanto a pandemia exigiu a adaptação do governo à cultura digital, o conflito entre Rússia e Ucrânia força o país a buscar soluções para produzir energia limpa e mais barata.
"A guerra [operação militar] nos acelerou para a transição energética. A ideia de segurança, de risco geopolítico é uma constante em nossas vidas. Uma realidade agora", disse.
A mídia relata que o governo federal pretende privatizar a estatal em maio.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала