Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Candidato de oposição Shehbaz Sharif é eleito novo premiê do Paquistão

© REUTERS / AKHTAR SOOMROLíder da oposição Shehbaz Sharif fala com jornalistas na Suprema Corte do Paquistão em Islamabad, Paquistão, 7 de abril de 2022
Líder da oposição Shehbaz Sharif fala com jornalistas na Suprema Corte do Paquistão em Islamabad, Paquistão, 7 de abril de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 11.04.2022
Nos siga noTelegram
A eleição do novo premiê ocorreu ante impasse político no Paquistão enquanto Imran Khan foi deposto depois de tentar dissolver o Parlamento do país e convocar eleições antecipadas.
A Assembleia Nacional do Paquistão elegeu Shehbaz Sharif como novo primeiro-ministro após seu antecessor, Imran Khan, ter sido demitido. Sharif é o líder do partido de oposição do país, a Liga Muçulmana do Paquistão-N.
Os parlamentares do Movimento Paquistanês pela Justiça (PTI, na sigla em inglês), partido liderado por Imran Khan, boicotaram a eleição e saíram da Assembleia Nacional em protesto.
O candidato do partido de Khan, o ex-chanceler paquistanês Shah Mahmood Qureshi, anunciou que os parlamentares do PTI vão abandonar os seus assentos na Assembleia Nacional.
Em Islamabad, no Paquistão, os líderes da oposição, Shahbaz Sharif (à esquerda) e Maulana Fazar-ur-Rehman (à direita), conversam durante coletiva de imprensa, em 30 de março de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 09.04.2022
Panorama internacional
'Novo regime não fará política de vingança', diz candidato a premiê do Paquistão após queda de Khan
A eleição aconteceu em meio a um impasse político que durou mais de uma semana após uma tentativa dos partidos de oposição de aprovar um voto de desconfiança contra o então premiê Imran Khan. A tentativa, realizada em 3 de abril falhou depois que Khan aconselhou o presidente Arif Alvi a dissolver a Assembleia Nacional e, portanto, convocar eleições antecipadas.
Contudo, o passo foi revertido pela Suprema Corte do Paquistão, que o considerou inconstitucional. A Assembleia Nacional reuniu-se novamente no dia 10 de abril, aprovando uma moção de censura e destituindo, assim, Imran Khan. O primeiro-ministro deposto, por sua vez, acusou os EUA de estarem por trás de uma conspiração para o seu afastamento.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала