Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

EUA fornecerão à Ucrânia 'as armas de que precisa contra a Rússia', diz Jake Sullivan

© REUTERS / Gleb GaranichMembro do serviço ucraniano detém um sistema de mísseis Javelin em uma posição na linha de frente na região norte de Kiev, 13 de março de 2022
Membro do serviço ucraniano detém um sistema de mísseis Javelin em uma posição na linha de frente na região norte de Kiev, 13 de março de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 10.04.2022
Nos siga noTelegram
Autoridade norte-americana afirma que armas estadunidenses estão chegando a Kiev "todos os dias". De acordo com pesquisa elaborada pela CBS News, 78% dos americanos acreditam que Washington deve continuar a enviar armamentos ao território ucraniano.
Os Estados Unidos estão comprometidos em fornecer à Ucrânia "as armas de que precisa" para se defender contra a Rússia, disse o conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, Jake Sullivan, neste domingo (10), segundo a Reuters.
"Vamos dar à Ucrânia as armas necessárias para derrotar os russos e impedi-los de tomar mais cidades e vilas onde cometem esses crimes", afirmou Sullivan.
O conselheiro também declarou que "armas estão chegando todos os dias inclusive hoje [10]", e que os EUA estão "trabalhando dia e noite para entregar nossas próprias armas [à Ucrânia] e organizando e coordenando a entrega de armas de muitos outros países".
Desde que a operação militar russa em território ucraniano começou, Washington já enviou US$ 1,7 bilhão (R$ 4,7 bilhões) em assistência militar à Ucrânia, informou a Casa Branca na semana passada de acordo com a mídia.
© REUTERS / Gleb GaranichMilitares ucranianos seguram um sistema de mísseis Javelin, em posição na linha de frente na região norte de Kiev, Ucrânia, em 13 de março de 2022
Militares ucranianos seguram um sistema de mísseis Javelin, em posição na linha de frente na região norte de Kiev, Ucrânia, em 13 de março de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 10.04.2022
Militares ucranianos seguram um sistema de mísseis Javelin, em posição na linha de frente na região norte de Kiev, Ucrânia, em 13 de março de 2022
Segundo uma pesquisa desenvolvida pela CBS News e divulgada hoje (10), existe amplo apoio entre os norte-americanos para o envio de mais armas para Kiev.
Ao serem questionados se os EUA deveriam enviar mais armamento ao país do Leste Europeu, 72% dos entrevistados foram a favor, enquanto 78% apoiaram sanções contra Rússia, com 74% opinando que as restrições econômicas deveriam aumentar.
Entretanto, 55% dos entrevistados desaprovaram a liderança do presidente, Joe Biden, diante da crise ucraniana, contra 45% que aprovaram.
Exército russo durante operação na Ucrânia - Sputnik Brasil, 1920, 10.04.2022
Panorama internacional
46º dia da operação especial da Rússia na Ucrânia
Em 24 de fevereiro de 2022, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, anunciou o início de uma operação especial militar para "desmilitarização e desnazificação da Ucrânia".
Durante a operação, as Forças Armadas da Rússia eliminam instalações da infraestrutura militar ucraniana, sem realizar ataques contra alvos civis em cidades. Os militares russos também organizam corredores humanitários para população civil que foge da violência dos neonazistas e nacionalistas.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала