Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Agência russa informará Putin em breve sobre futuro da cooperação na Estação Espacial Internacional

© Foto / Facebook / Alexander GerstFuracão Florença, fotografado pelo astronauta Alexander Gerst, na Estação Espacial Internacional (ISS)
Furacão Florença, fotografado pelo astronauta Alexander Gerst, na Estação Espacial Internacional (ISS) - Sputnik Brasil, 1920, 10.04.2022
Nos siga noTelegram
A agência espacial Roscosmos deve informar o presidente Vladimir Putin sua opinião sobre a continuidade da cooperação com parceiros ocidentais na Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês), "em um futuro próximo", disse o diretor da corporação estatal russa, Dmitry Rogozin, à Sputnik Mundo neste domingo (10).
Ele acrescentou que há reuniões internas para dimensionar e avaliar o assunto.
"Nossa posição foi discutida recentemente no Conselho de Supervisão da Roscosmos, que inclui representantes dos principais ministérios e departamentos relacionados ao trabalho da Roscosmos. Nós planejamos relatar nossa posição ao presidente em um futuro próximo", declarou Rogozin.
Ontem (9), o diretor disse que a agência espacial russa informará em breve o governo do país sobre como planeja encerrar a cooperação com parceiros ocidentais (agências espaciais americanas, europeias, canadenses e japonesas) na ISS.
O primeiro satélite totalmente brasileiro, o Amazônia 1, é lançado no espaço (imagem ilustrativa) - Sputnik Brasil, 1920, 08.04.2022
Notícias do Brasil
Brasil pode convidar especialistas russos para criação do centro espacial regional, diz chefe da AEB
Rogozin apontou que a Rússia e os países ocidentais só podem cooperar depois que as nações ocidentais tenham suspendido todas as sanções impostas à Rússia.
Em 24 de fevereiro, a Rússia anunciou uma operação militar especial na Ucrânia em resposta ao pedido de assistência militar das repúblicas populares de Donetsk e Lugansk.
Em retaliação, Estados Unidos e Europa impuseram uma série de sanções à Rússia.
Marte (imagem referencial). - Sputnik Brasil, 1920, 17.03.2022
Panorama internacional
Europa suspende programa de viagem a Marte por sanções à Rússia
De acordo com o presidente Vladimir Putin, o objetivo da operação é "a desmilitarização e a desnazificação" da Ucrânia. O Kremlin reiterou em diversas ocasiões que não tem planos de ocupar o território ucraniano.
Segundo o Ministério da Defesa do país, as Forças Armadas russas apenas atacam a infraestrutura militar e as tropas ucranianas.
Foguete russo Soyus-2.1a com o bloco acelerador Fregat no cosmódromo de Baikonur, Cazaquistão - Sputnik Brasil, 1920, 15.03.2022
Panorama internacional
Diretor da Roscosmos cogita uso de 'aplicações militares' em nova estação espacial russa
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала