Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Pressão dos EUA sobre o México por sua posição em relação a Moscou não funcionará, diz embaixador

© AFP 2022 / CLAUDIO CRUZPresidente mexicano López Obrador fala durante cerimônia da bandeira da seleção mexicana para os Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020, na Cidade do México. Foto de arquivo
Presidente mexicano López Obrador fala durante cerimônia da bandeira da seleção mexicana para os Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020, na Cidade do México. Foto de arquivo - Sputnik Brasil, 1920, 09.04.2022
Nos siga noTelegram
Embaixador russo no México, Viktor Koronelli assegurou que a pressão exercida pelos EUA sobre o presidente do país, Andrés Manuel López Obrador, não influenciará a posição do Executivo sobre a situação na Ucrânia.
A denúncia feita na semana passada pelo presidente sérvio, de que o seu governo foi coagido a votar pela expulsão da Rússia no Conselho de Segurança da ONU, é também uma realidade na América Latina.
Se no Brasil o presidente Jair Bolsonaro enfrenta críticas por sua posição sobre o conflito na Ucrânia, no México não é diferente. Neste sábado (9), o embaixador russo no país falou sobre a situação do presidente Andrés Manuel López Obrador.
"O presidente mexicano é um personagem político com grande experiência que não deixará de ser firme em suas decisões, apesar da pressão que os partidos contrários ao presidente possam exercer contra ele", disse Koronelli.
© Sputnik / Ministério das Relações Exteriores da RússiaMinistro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, e o embaixador da Rússia na Cidade do México, Viktor Koronelli (à direita), após reunião com o chanceler mexicano, Marcelo Ebrard
Ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, e o embaixador da Rússia na Cidade do México, Viktor Koronelli (à direita), após reunião com o chanceler mexicano, Marcelo Ebrard - Sputnik Brasil, 1920, 09.04.2022
Ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, e o embaixador da Rússia na Cidade do México, Viktor Koronelli (à direita), após reunião com o chanceler mexicano, Marcelo Ebrard
"Andrés Manuel López Obrador é um político altamente experiente, competente e independente. Nenhuma pressão sobre ele pode influenciar suas decisões", comentou o representante russo em entrevista à Sputnik.
No México, partidos de oposição ao governo de López Obrador condenaram a posição neutra adotada pelo presidente e exigiram posições a favor da Ucrânia.
No entanto, o presidente garantiu que o país latino-americano não será responsável pela imposição de sanções contra a Rússia.
Outra questão que divide os partidos mexicanos foi a instalação do chamado "Grupo de Amizade entre México e Rússia".
O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, gesticula ao falar durante uma coletiva de imprensa no Palácio Nacional, na Cidade do México, em 24 de março de 2021. - Sputnik Brasil, 1920, 31.03.2022
Panorama internacional
EUA analisam sanções contra o México visando paralisar reforma no setor de energia
Após a criação da iniciativa bilateral, o parlamentar norte-americano Vicente González pediu ao governo Joe Biden a retirada dos vistos dos deputados mexicanos que participaram do encontro com as autoridades que representam a Rússia.
Comentando especificamente essa determinação, o embaixador Koronelli declarou que a ação do congressista dos Estados Unidos é uma intervenção nos assuntos internos do México.
"Esta atitude arrogante dos representantes de Washington corresponde à orientação geral da política dos EUA de usar pressão e sanções para atingir seus objetivos", enfatizou o embaixador russo.
Ao falar sobre as pressões que a embaixadora ucraniana exerceu sobre o governo mexicano para se posicionar contra a Rússia e a insistência para que o México imponha sanções, Koronelli afirmou que essas ações "atentam uma histeria transbordante e são exemplos de uma atitude incompatível com os princípios e normas básicos da diplomacia".
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала