Pessoas usando máscaras de proteção caminham por rua em Paris, França, 27 de maio de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Sociedade e cotidiano
As principais notícias, reportagens e artigos sobre sociedade e a rotina cotidiana.

Chuva de rochas e atmosfera incandescente: Hubble detecta planetas com climas extremos (FOTO)

Furacões de Júpiter  - Sputnik Brasil, 1920, 07.04.2022
Nos siga noTelegram
Com o objetivo de estudar uma classe única de exoplanetas ultraquentes, os astrônomos do Telescópio Espacial Hubble detectaram uma série de condições climáticas extremas fora de nosso Sistema Solar.
Nos novos estudos, a equipe do Hubble informou sobre uma chuva e rochas vaporizadas em um planeta.
Além disso, notaram que a atmosfera superior de outro planeta está sendo "queimada" devido à intensa radiação ultravioleta de sua estrela.
Os astrônomos descrevem as observações do planeta WASP-178b, localizado a aproximadamente 1.300 anos-luz de distância da Terra.
© Foto / NASA, ESA, L. Hustak (STScI)Imagem artística do planeta KELT-20b orbitando uma estrela azul-branca
Imagem artística do planeta KELT-20b orbitando uma estrela azul-branca - Sputnik Brasil, 1920, 07.04.2022
Imagem artística do planeta KELT-20b orbitando uma estrela azul-branca
A atmosfera do corpo celeste, em seu lado diurno, não tem nuvens e é rica em monóxido de silício. No lado escuro, o monóxido de silício pode se esfriar de tal forma que se transforma em rochas que chovem das nuvens.
O Hubble também mostra um outro planeta superquente parecido com Júpiter, o KELT-20b, localizado a aproximadamente 400 anos-luz de distância.
A radiação ultravioleta de sua estrela-mãe aquece os metais na atmosfera, criando uma camada de inversão térmica muito forte.
Com isso, o Hubble fornece uma nova visão dramática da grande variedade de condições atmosféricas em outros mundos.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала