Embraer e Exército Brasileiro firmam acordo para 4 radares Saber M60

© Foto / Centro Tecnológico do ExércitoRadar de Defesa Antiaérea de Baixa Altura SABER M60
Radar de Defesa Antiaérea de Baixa Altura SABER M60 - Sputnik Brasil, 1920, 06.04.2022
Nos siga noTelegram
No dia 5 de abril, a Embraer e o Exército Brasileiro firmaram um contrato para ampliar o uso dos radares Saber M60 nas unidades de artilharia antiaérea do Exército Brasileiro.
O acordo envolve quatro radares Saber M60, além de prever a implantação da Fase 2 do Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras (SISFRON).
© Foto / Centro Tecnológico do ExércitoRadar de Defesa Antiaérea de Baixa Altura SABER M60
Radar de Defesa Antiaérea de Baixa Altura SABER M60 - Sputnik Brasil, 1920, 06.04.2022
Radar de Defesa Antiaérea de Baixa Altura SABER M60
A Embraer e o Exército Brasileiro também assinaram a implantação da Fase 2 do SISFRON, um dos maiores projetos de vigilância no planeta, e que visa a proteção das fronteiras nacionais cobrindo uma área de 16.886 quilômetros.

"O SISFRON possui alta complexidade de cunho estratégico, motivo pelo qual compõe o rol dos projetos estruturantes da Força Terrestre em parceria com a Embraer, no papel de integradora, permitindo dotar o Exército de capacidades para o exercício da sua missão, além de potencializar as ações de demais entes governamentais na área de fronteira", informou.

Com isso, o Exército Brasileiro pretende ampliar sua capacidade operacional da Força Terrestre, além de reforçar a parceria no contínuo desenvolvimento, implantação e aprimoramento dos Meios de Emprego Militar (MEM).
© Foto / EmbraerRadar SABER M60 da Embraer
Radar SABER M60 da Embraer - Sputnik Brasil, 1920, 06.04.2022
Radar SABER M60 da Embraer
A obtenção dos radares está prevista no Planejamento Estratégico do Exército Brasileiro 2020-2023.
O Saber M60, que tem um desenvolvimento 100% nacional, é um radar de busca que integra um sistema de defesa antiaérea de baixa altura visando a proteção de pontos e áreas sensíveis, como indústrias, usinas e instalações governamentais. O M60 pode detectar e rastrear 60 alvos simultaneamente.
De acordo com a Embraer, o radar pode ser integrado aos sistemas de armas baseados em mísseis ou canhões antiaéreos, e também pode ser customizado para ser integrado em qualquer outro sistema de defesa aérea.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала