Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Mais de 200 noruegueses processam o Estado por barulho dos caças F-35

© AFP 2022 / John ThysTrês caças F-35 noruegueses vistos desde um navio-tanque de reabastecimento de aeronaves Airbus A330 durante exercício da OTAN Cold Response sobre a Noruega, 22 de março de 2022
Três caças F-35 noruegueses vistos desde um navio-tanque de reabastecimento de aeronaves Airbus A330 durante exercício da OTAN Cold Response sobre a Noruega, 22 de março de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 31.03.2022
Nos siga noTelegram
220 moradores de Orland, na Noruega, não só estão se queixando do ruído provocado por caças de quinta geração dos EUA, como decidiram processar o Estado exigindo compensações.
Muitas pessoas que vivem perto da base de caças em Orland, condado de Trondelag, Noruega, acreditam que o ruído vindo dos jatos de quinta geração F-35 é tão grande que eles demandam um processo legal exigindo compensação do Estado.
Um total de 220 pessoas fez a queixa, que será submetida após a Páscoa, em 17 de abril. Eles acreditam que o barulho produzido pelos caças F-35, que têm motores mais potentes e níveis de ruído correspondentemente maiores que os dos F-16, reduz o valor das propriedades.
"Temos estado preocupados que a intensidade do barulho das aeronaves deve ser melhor refletida nos cálculos que têm sido feitos. Cremos que agora conseguimos isso. Enviamos anteriormente um aviso de procedimento e enviaremos um processo legal contra o Estado, onde demandamos compensação de acordo com o Ato de Vizinhança", revelou na quarta-feira (30) o advogado Arild Paulsen à emissora NRK.
"As verdadeiras desvantagens do barulho são melhor descritas pelos cálculos de ruído que mostram o número de incidentes por dia acima de certos níveis e duração de tais incidentes", sublinhou ele.
Segundo os cálculos do grupo, a quantidade de barulho acima de 60 dB subiu três vezes em comparação com 2010, antes do negócio dos F-35, enquanto o ruído acima do limiar de 67 dB aumentou quatro vezes. Paulsen citou ainda um precedente de 2006, em que se ofereceu compensação de 200.000 a 300.000 coroas norueguesas (R$ 109.701,62 a R$ 164.552,43) por domicílio afetado devido ao barulho do Aeroporto de Gardermoen, em Oslo, Noruega.
Até agora a Noruega recebeu 24 caças F-35, sendo que mais dez estão sendo usados para treinar pilotos noruegueses nos EUA. É planejado que o país nórdico compre um total de 52 dessas aeronaves, sendo assim a maior aquisição militar na história do país.
Problemas semelhantes com o ruído de aviões F-35 já ocorreram na Dinamarca.
Caça F-35 dos EUA - Sputnik Brasil, 1920, 08.12.2021
Panorama internacional
Chegada de caça F-35 a aeroporto civil da Noruega gera novos problemas por nível de ruído
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала