Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Fox News: EUA financiam laboratório de 'patógenos letais' na Ucrânia há 14 anos

© Foto / Domínio público / Daniel SoñéFrascos em laboratório biológico (imagem referencial)
Frascos em laboratório biológico (imagem referencial) - Sputnik Brasil, 1920, 31.03.2022
Nos siga noTelegram
Os documentos detalham que o Pentágono aprovou, entre outros, um projeto para "obter as assinaturas moleculares dos patógenos endêmicos na Ucrânia e transportar as cepas".
Em um episódio do programa "Tucker Carlson Today" transmitido pela Fox News no último dia 29 de março, o apresentador Tucker Carlson revelou que teve acesso a uma série de documentos que confirmam que o governo norte-americano financiou laboratórios biológicos na Ucrânia.
Os documentos, que teriam sido facilitados por um antigo alto funcionário norte-americano, mostram que as autoridades dos EUA forneceram, através do Departamento de Defesa, recursos para a investigação de certos "patógenos letais" na Ucrânia.
Símbolo de perigo biológico - Sputnik Brasil, 1920, 25.03.2022
Panorama internacional
Operação secreta com patógenos: como laboratórios biológicos militares dos EUA chegaram à Ucrânia
Alguns dos documentos, assinados em 2007 e 2008, detalham que o Pentágono aprovou o desenvolvimento de um "projeto de cartografia de múltiplos patógenos" para "obter as assinaturas moleculares dos patógenos endêmicos na Ucrânia e transportar as cepas", entre outros objetivos.
Segundo Carlson, seus assistentes obtiveram também certos documentos das autoridades ucranianas que incluem uma lista de 30 laboratórios biológicos localizados na Ucrânia e financiados pelo Departamento de Defesa dos EUA.
"De acordo com estes documentos, estas instalações foram utilizadas para realizar pesquisas, coletar e guardar as amostras", explicou.
O Pentágono, por sua vez, enviou uma nota informativa publicada há mais de duas semanas, onde precisa que este departamento norte-americano investiu US$ 200 milhões (R$ 954 milhões) no "programa de redução de ameaças" na Ucrânia, destinado a destruir as armas biológicas soviéticas.
Contaminação química - Sputnik Brasil, 1920, 24.03.2022
Panorama internacional
MD russo: atividades biológicas na Ucrânia contam com fundo de investimento de filho de Biden
Por sua vez, Carlson ressaltou que o governo americano nega qualquer conexão com os laboratórios ucranianos, mas a própria nota do Pentágono confirma o financiamento de 46 instalações na Ucrânia.
"O Pentágono realmente investiga patógenos na Ucrânia [...] Não sabemos desde quando faz isso, porém sabemos certamente que desde há pelo menos 14 anos", adicionou.
Ao mesmo tempo, recordou as recentes revelações do tabloide Daily Mail que, citando e-mails do filho do presidente americano, Hunter Biden, relatou que o mesmo ajudou a canalizar milhões de dólares de financiamento para uma empresa contratada pelo Departamento de Defesa dos EUA, especializada na pesquisa de doenças que podem causar pandemias e "poderiam ser usadas como armas biológicas".
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала