Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Projétil ucraniano destruiu parte de prédio residencial em ataque noturno a Donetsk, diz prefeito

© Sputnik / Maksim Blinov / Abrir o banco de imagensEm Donetsk, na República Popular de Donetsk (RPD), um fragmento de um míssil ucraniano Tochka-U é visto em uma rua da cidade, em 14 de março de 2022
Em Donetsk, na República Popular de Donetsk (RPD), um fragmento de um míssil ucraniano Tochka-U é visto em uma rua da cidade, em 14 de março de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 30.03.2022
Nos siga noTelegram
O prefeito de Donetsk, Aleksei Kulemzin, informou que durante um ataque noturno à cidade, um projétil ucraniano atingiu diretamente um prédio residencial e que o edifício foi parcialmente destruído.

"Como resultado do bombardeio noturno, foi registrado um ataque direto de um projétil ucraniano no nono andar de um prédio residencial no nº 8 da rua Pinter [...] O oitavo andar [...] foi parcialmente destruído, seguido por um incêndio. Informações sobre feridos estão sendo esclarecidas", declarou Kulemzin.

Vice-chanceler ucraniano, Nikolai Tochitsky (à esquerda), e o ministro das Relações Exteriores turco, Mevlut Cavusoglu, antes das negociações russo-ucranianas em Istambul, 29 de março de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 29.03.2022
Panorama internacional
Ucrânia desiste de sua intenção de recuperar Crimeia e Donbass pela via militar, diz Medinsky
Horas antes, tropas ucranianas bombardearam Donetsk, disparando vinte projéteis de 122 milímetros, informou nesta terça-feira (29) o escritório de representação da República Popular de Donetsk no Centro Conjunto de Controle e Coordenação do Regime de Cessar-Fogo.
A Rússia lançou uma operação militar especial na Ucrânia em 24 de fevereiro em resposta aos apelos das repúblicas populares de Donetsk e Lugansk por proteção contra a intensificação dos ataques das tropas ucranianas.
O Ministério da Defesa russo disse que a operação especial, que mira a infraestrutura militar ucraniana, tem como objetivo "desmilitarizar e desnazificar" a Ucrânia.
Anatoly Antonov, embaixador russo nos EUA, em Moscou, na Rússia, no dia 20 de julho de 2018 - Sputnik Brasil, 1920, 29.03.2022
Panorama internacional
Embaixador russo nos EUA nega que operação especial na Ucrânia ameaça segurança nuclear
Moscou disse que não tem planos de ocupar a Ucrânia.
As nações ocidentais impuseram inúmeras penalidades à Rússia, o que a transformou no país mais sancionado do mundo.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала