Pessoas usando máscaras de proteção caminham por rua em Paris, França, 27 de maio de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Sociedade e cotidiano
As principais notícias, reportagens e artigos sobre sociedade e a rotina cotidiana.

Plutão pode ter vulcões de gelo em erupção e abrigar água líquida dentro do planeta anão, diz NASA

© Foto / NASA/JHUAPL/SwRIPlutão
Plutão - Sputnik Brasil, 1920, 30.03.2022
Nos siga noTelegram
Quando a sonda New Horizons da NASA passou por Plutão em julho de 2015, foi a primeira e única vez que os terráqueos observaram de perto o maior e mais próximo residente do Cinturão de Kuiper.
Após um estudo rigoroso das fotografias da New Horizons da superfície de Plutão ter sido realizado, os astrônomos da NASA chegaram à conclusão que dois grandes montes existentes no planeta anão são criovulcões que estavam ativos em um tempo recente.
As conclusões da pesquisa foram publicadas nesta semana na revista Nature. Os vulcões são enormes: Wright Mons tem cerca de cinco quilômetros de altura e 150 km de largura, enquanto Piccard Mons tem aproximadamente 7 km de altura e 250 km de largura, competindo com os maiores vulcões da Terra, que é cinco vezes maior do que o mundo distante e gélido.
No entanto, estes provavelmente não são vulcões separados, mas conjuntos de vulcões de gelo menores que lentamente se acumularam em enormes montes.

"Não havia outras áreas em Plutão que se parecessem com esta região", disse Kelsi Singer, cientista planetária do Southwest Research Institute e principal autora do estudo, ao portal Space.com. "É totalmente único no Sistema Solar", acrescentou.

Criovulcões são fenômenos únicos que existem nas partes mais frias do Sistema Solar, onde gelo, amônia e metano podem existir na forma sólida ou líquida. Calor interno e pressão os forçam a entrar em erupção na superfície, onde as condições externas os forçam a condensar em uma forma sólida. Forças geológicas dentro do planeta podem criar o calor, ou um efeito estufa em miniatura causado pela força do gelo translúcido.
© Foto / NASA/JHUAPL/SwRICores do planeta Plutão
Cores do planeta Plutão - Sputnik Brasil, 1920, 30.03.2022
Cores do planeta Plutão
"Provavelmente o que sai [do vulcão] não está completamente liquido – é provavelmente mais como uma espécie de raspadinha, onde você tem um pouco de líquido e um pouco de gelo, ou poderia até ser mais como um sólido fluindo", explicou Singer, dizendo que era provavelmente mais como "ketchup ou massa viscoelástica". No entanto, também poderia ser gelo "fluindo" semelhante às geleiras na Terra.
Criovulcões também foram detectados em duas luas de Saturno, Encélado e Titã, em duas luas de Júpiter, Ganimedes e Europa, e em um satélite de Urano, Miranda. O planeta anão Ceres, no Cinturão de Asteroides, também pode ter um grande criovulcão.
Como exatamente funciona o interior de Plutão em grande parte permanece um mistério, embora a sonda New Horizons tenha feito em 2015 medições detalhadas do planeta anão e seu sistema de seis luas.
No entanto, acredita-se que Plutão tenha um núcleo de silicato rodeado por um manto de água líquida e uma crosta de gelo sólido. Uma mistura de pressão e decaimento radioativo poderiam ser a causa do interior liquido, e não se exclui que alguma forma de vida possa habitar neste vasto oceano.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала