Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Moscou: EUA e aliados lançam ataques cibernéticos maciços contra Rússia

© Sputnik / Abrir o banco de imagensRansomware, um software malicioso que restringe acesso aos sistemas infectados, ataca sistemas globais de Tecnologia de Informação (imagem de referência)
Ransomware, um software malicioso que restringe acesso aos sistemas infectados, ataca sistemas globais de Tecnologia de Informação (imagem de referência) - Sputnik Brasil, 1920, 29.03.2022
Nos siga noTelegram
Todos os dias, a Rússia tem enfrentado "centenas de milhares" de ataques cibernéticos, revelou o Ministério das Relações Exteriores da Rússia, prometendo estabelecer a origem concreta dos ataques.
Os Estados Unidos e seus aliados lançaram ataques cibernéticos maciços contra a Rússia, disse o Ministério das Relações Exteriores da Rússia, acrescentando que há um "exército" de "cibermercenários" travando uma "guerra" contra o país.

"Por sugestão do regime de Kiev, foi anunciada uma 'chamada internacional' para especialistas em computadores que, de fato, estão formando 'forças cibernéticas ofensivas' contra a Rússia", disse o ministério. "Na verdade, as instituições estatais, a mídia, instalações de infraestrutura crítica e sistemas de serviços essenciais estão sendo todos os dias sujeitos a ataques poderosos usando tecnologias avançadas de informação e comunicação".

Além dos EUA e seus aliados da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), o ministério afirmou que a "guerra cibernética" envolve hackers anônimos e provocadores guiados por Kiev. Segundo Moscou, o "exército de mercenários cibernéticos" tem uma missão concreta de combate que às vezes beira o "terrorismo direto".
O Ministério das Relações Exteriores da Rússia prometeu descobrir quem exatamente está por trás dos ataques cibernéticos em massa e levá-los à justiça de acordo com a lei.
Indivíduo digita em um teclado de computador. - Sputnik Brasil, 1920, 24.02.2022
Panorama internacional
Anonymous declara guerra cibernética à Rússia e assume ataque contra o Kremlin e a RT (VÍDEO)
"Ninguém deve duvidar: a agressão cibernética desencadeada contra a Rússia terá graves consequências para seus instigadores e perpetradores", sublinhou o ministério.
Depois que a Rússia lançou sua operação especial militar para desmilitarizar e desnazificar a Ucrânia, o Ocidente impôs uma série de duras sanções contra Moscou, visando seus negócios, economia e muitas outras áreas, incluindo tecnologia e mídia. Os EUA e a OTAN condenaram a operação russa, chamando-a de "invasão".
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала