Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Enviado da Ucrânia à ONU diz que negociações com a Rússia em Istambul podem avançar rumo à paz

© AP Photo / John MinchilloEmbaixador da Ucrânia nas Nações Unidas, Sergei Kyslytsya.
Embaixador da Ucrânia nas Nações Unidas, Sergei Kyslytsya. - Sputnik Brasil, 1920, 29.03.2022
Nos siga noTelegram
A nova rodada de negociações entre a Rússia e a Ucrânia em Istambul está mostrando que Moscou pode estar em condições de avançar nas negociações de paz, disse o embaixador da Ucrânia nas Nações Unidas, Sergei Kyslytsya, nesta terça-feira (29).

"As negociações de hoje em Istambul demonstraram que a Rússia pode estar pronta para avançar", disse Kyslytsya em reunião do Conselho de Segurança da ONU sobre a Ucrânia.

O embaixador reconheceu, no entanto, que ainda há um longo caminho para um cessar-fogo sustentável e uma desescalada abrangente do conflito. Até lá as partes continuarão as negociações para preparar e concordar com as disposições de um tratado.
Em Volnovakha, carros destruídos e escombros são fotografados na região da República Popular de Donetsk (RPL), em 12 de março de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 29.03.2022
Panorama internacional
Ucrânia bombardeou Donetsk com 20 projéteis de 122 milímetros, diz república popular
Kyslytsya enfatizou a importância de um mecanismo de implementação de cessar-fogo, retirada de tropas e abertura e funcionamento seguro de corredores humanitários.
No início do dia, a Rússia e a Ucrânia concluíram outra rodada de negociações de paz em Istambul, na Turquia.
Moscou anunciou que reduzirá suas atividades militares nas regiões de Kiev e Chernigov.
Vice-chanceler ucraniano, Nikolai Tochitsky (à esquerda), e o ministro das Relações Exteriores turco, Mevlut Cavusoglu, antes das negociações russo-ucranianas em Istambul, 29 de março de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 29.03.2022
Panorama internacional
Ucrânia desiste de sua intenção de recuperar Crimeia e Donbass pela via militar, diz Medinsky
Em 24 de fevereiro, a Rússia lançou uma operação militar especial na Ucrânia depois que as repúblicas populares de Donetsk (RPD) e Lugansk (RPL) solicitaram ajuda para defendê-las da intensificação dos ataques das tropas ucranianas.
O Kremlin nega veementemente que a intenção seja ocupar o território ucraniano.
O Ministério da Defesa russo disse que a operação tem como alvo apenas a infraestrutura militar ucraniana e que a população civil não está em perigo.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала