Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Defesa da Rússia decide reduzir radicalmente operações de combate nas direções de Kiev e Chernigov

© Sputnik / Konstantin MikhalchevskyMilitar das Forças Armadas da Rússia em veículo blindado na Crimeia, perto da fronteira com a Ucrânia, 2 de março de 2022
Militar das Forças Armadas da Rússia em veículo blindado na Crimeia, perto da fronteira com a Ucrânia, 2 de março de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 29.03.2022
Nos siga noTelegram
O Ministério da Defesa da Rússia tomou a decisão de reduzir significativamente as operações militares nas direções de Kiev e Chernigov, informa Aleksandr Fomin, o vice-ministro da entidade militar.
Ministério da Defesa russo decidiu reduzir radicalmente a atividade militar nas direções de Kiev e Chernigov.

"Tendo em conta que as negociações de preparação de um acordo sobre a neutralidade e desnuclearização da Ucrânia, bem como sobre a prestação de garantias de segurança à Ucrânia, estão avançando para um nível prático, tendo em conta os princípios discutidos durante a reunião de hoje (29), o Ministério da Defesa da Rússia, a fim de aumentar a confiança mútua e criar condições necessárias para prosseguir as negociações e alcançar o objetivo final - o acordo e a assinatura e do documento referido acima - foi tomada a decisão de reduzir substancialmente a atividade militar nas direções de Kiev e Chernigov", disse Fomin.

Ele disse também que a Rússia exorta a Ucrânia a respeitar rigorosamente a Convenção de Genebra sobre o tratamento de prisioneiros de guerra e a evitar atos de tortura.
Blindado de transporte BTR-82A da milícia da República Popular de Donetsk (RPD) circula por rua de Mariupol. - Sputnik Brasil, 1920, 28.03.2022
Panorama internacional
Corpos de civis torturados e marcados com suásticas são encontrados em Mariupol, diz Defesa russa
"Gostaria de me dirigir aos representantes ucranianos para que exortem a Ucrânia a respeitar rigorosamente as Convenções de Genebra, inclusive no que se refere ao tratamento humano dos prisioneiros de guerra. Apelamos à eliminação total da tortura contra prisioneiros de guerra russos", disse Fomin aos jornalistas.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала