Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Cinco piores presidentes dos EUA não teriam causado danos que Biden fez em 15 meses, diz Trump

© AP Photo / Ross D. FranklinEx-presidente Donald Trump fala a apoiadores, no dia 15 de janeiro de 2022, no Arizona
Ex-presidente Donald Trump fala a apoiadores, no dia 15 de janeiro de 2022, no Arizona - Sputnik Brasil, 1920, 27.03.2022
Nos siga noTelegram
Em comício com os seus apoiadores no estado norte-americano da Geórgia, o ex-presidente dos EUA Donald Trump criticou as políticas de seu sucessor Joe Biden.
O vídeo do discurso de Trump foi publicado no Twitter pela companhia de mídia Newsmax.
De acordo com o antigo chefe de Estado, "os cinco piores presidentes da história dos EUA juntos não teriam causado os danos que Joe Biden causou em apenas 15 meses".
Trump acusou o atual presidente de que "em pouco mais de um ano ele conseguiu matar, literalmente matar, o Sonho Americano".
Ao mesmo tempo, Trump apelou aos apoiadores para "não perder a esperança", prometendo que "com a liderança certa, a América se tornará maior, mais forte e mais poderosa do que nunca".
"Em pouco mais de um ano, [Biden] conseguiu matar – literalmente matar – o Sonho Americano. Mas não percam a esperança porque com a liderança certa a América estará de volta, maior, mais forte e mais poderosa do que nunca."
Ele não especificou se pretendia concorrer em 2024, mas instou os republicanos a assumirem o controle de ambas as câmaras do Congresso dos EUA na eleição de outono (no Hemisfério Norte) de 2022.
Ex-presidente acusou Biden da escalada na Ucrânia, dizendo que ele não permitiria que isso acontecesse.
O ex-presidente dos EUA Donald Trump fala na Conferência de Ação Política Conservadora (CPAC), em 26 de fevereiro de 2022, em Orlando, na Flórida - Sputnik Brasil, 1920, 27.02.2022
Panorama internacional
Trump chama Putin de 'inteligente' e debocha de sanções de Biden: 'Fraco e incompetente'
Em meados de março, Donald Trump disse que o conflito na Ucrânia continua e pode se agravar ainda mais porque sob a administração do presidente norte-americano Joe Biden os EUA não têm "ninguém para conversar" com o presidente russo, Vladimir Putin.
O governo Biden aumentou o peso das sanções contra a Rússia desde o início da operação militar especial russa na Ucrânia em 24 de fevereiro.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала