Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Rússia alerta sobre minas navais da Ucrânia no mar Negro e Turquia aciona militares

© REUTERS / Yoruk IsikEm Istambul, o navio turco TCG Akcay de classe Aydin, caçador de minas navais, navega sobre o mar Negro, em 26 de março de 2022
Em Istambul, o navio turco TCG Akcay de classe Aydin, caçador de minas navais, navega sobre o mar Negro, em 26 de março de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 26.03.2022
Nos siga noTelegram
Neste sábado (26), a Rússia alertou os países vizinhos no mar Negro pelo fato de que minas navais vindas de portos ucranianos podem chegar à costa da Romênia e da Bulgária em uma questão de dias. A Turquia já teria identificado minas no estreito de Bósforo.
Segundo o porta-voz ministerial russo, general Mikhail Mizintsev, as minas podem chegar às águas de Bulgária e Romênia em até dez dias.

"Minas à deriva chegarão às águas territoriais da Romênia em quatro dias e às águas da Bulgária em dez dias", afirmou Mizintsev a repórteres.

O mar Negro foi recentemente atingido por fortes tempestades, o que deixou minas navais instaladas pela Ucrânia na região à deriva.
© REUTERS / Yoruk IsikHNLMS Evertsen, fragata da Marinha Real dos Países Baixos, passa no estreito de Bósforo, a caminho do mar Negro, em Istambul, Turquia, 14 de junho de 2021.
HNLMS Evertsen, fragata da Marinha Real dos Países Baixos, passa no estreito de Bósforo, a caminho do mar Negro, em Istambul, Turquia, 14 de junho de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 26.03.2022
HNLMS Evertsen, fragata da Marinha Real dos Países Baixos, passa no estreito de Bósforo, a caminho do mar Negro, em Istambul, Turquia, 14 de junho de 2021.
Recentemente, ao menos duas minas foram encontradas pela Turquia na entrada norte do estreito de Bósforo, causando problemas para o tráfego marítimo. De acordo com o que foi publicado pelo jornal turco T24, mergulhadores militares foram enviados ao local para desarmar a segunda mina encontrada no estreito. Devido à operação, a travessia de embarcações marítimas foi suspensa no Bósforo, que faz parte do único canal de acesso ao mar Negro. Segundo as autoridades turcas, a mina seria obsoleta.
Anteriormente, o Ministério da Defesa turco emitiu alerta pedindo atenção aos navios no mar Negro devido ao surgimento de minas à deriva. O alerta veio após militares ucranianos instalarem cerca de 420 minas nas proximidades dos portos de Odessa, Ochakov, Chernomorsk e Yuzhnoe.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала