Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Ex-presidente russo rejeita crise e critica planos dos EUA: 'Rússia não pode ser excluída do G20'

© Sputnik / Ekaterina Shtukina / Abrir o banco de imagensDmitry Medvedev, Vice-Presidente do Conselho de Segurança da Rússia, se reúne com cidadãos via link de vídeo da residência Gorki, na região de Moscou, Rússia, em 5 de março de 2021
Dmitry Medvedev, Vice-Presidente do Conselho de Segurança da Rússia, se reúne com cidadãos via link de vídeo da residência Gorki, na região de Moscou, Rússia, em 5 de março de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 26.03.2022
Nos siga noTelegram
Dmitry Medvedev, vice-presidente do Conselho de Segurança da Rússia, disse à Sputnik que a Rússia não pode ser excluída do G20 porque esse formato foi criado por consenso.
Em uma longa entrevista para os canais Sputnik e RT, Dmitry Medvedev, que também é ex-presidente da Rússia, falou sobre diversos temas envolvendo o atual cenário político internacional.
Entre eles, a possibilidade de uma crise econômica atingir a Rússia em função das sanções ocidentais, e as declarações recentes de autoridades dos EUA sobre a expulsão da Rússia do G20.
Segundo ele, a Rússia estava menos protegida durante o colapso financeiro de 1998 quando comparada ao cenário da crise atual, "causada por uma guerra econômica sem regras".
Dmitry Medvedev, vice-presidente do Conselho de Segurança da Federação da Rússia, durante uma videoconferência - Sputnik Brasil, 1920, 26.02.2022
Panorama internacional
Medvedev: operação em Donbass prosseguirá até cumprir objetivos indicados por Putin
"Não se pode entrar duas vezes no mesmo rio. Eu não tinha nada a ver com o governo em 1998, e percebia isso do ponto de vista de uma pessoa do mundo civil, e se você quiser, do mundo dos negócios. O nosso país estava muito menos protegido na época", disse Medvedev, respondendo se um colapso financeiro na Rússia pode acontecer novamente.
"Tudo o que está acontecendo agora é apenas uma guerra econômica declarada à Rússia, como disse um ministro francês. Eles declararam uma guerra econômica à Rússia. E eles estão tentando travar essa guerra sem nenhuma regra", acrescentou.
Ainda segundo Medvedev, "esta guerra econômica sem regras levará à destruição de toda a ordem econômica global".
O ex-presidente denunciou a cadeia de sanções imposta pelos EUA, que apreende "ativos de instituições financeiras e até do Banco Central [russo]. Estão até falando em encerrar esses ativos, em nacionalizá-los. Bem, veja, esta é uma guerra sem regras. Quais serão as consequências desta guerra? A destruição de toda a ordem econômica mundial".
Em Bruxelas, o presidente dos EUA, Joe Biden, fala durante uma entrevista coletiva após uma cúpula da OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte) em 24 de março de 2022. - Sputnik Brasil, 1920, 24.03.2022
Panorama internacional
Biden defende exclusão da Rússia do G20 e diz que pauta foi debatida com a OTAN
Ao finalizar o assunto, ele enfatizou que a guerra econômica contra a Rússia, "iniciada por países ocidentais, causará uma resposta simétrica da Rússia".
Ainda durante a entrevista de Dmitry Medvedev, o ex-presidente explicou porque a Rússia não pode ser excluída do G20: "Esse formato foi criado por consenso", comentou.
O vice-presidente acrescentou que o G7 não tem mais importância, depois que a Rússia suspendeu sua participação. No entanto, disse Medvedev, o G20 é diferente, "pois ajudou a Rússia a superar a crise econômica de 2008".
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала