- Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Quais as implicações caso Braga Netto seja candidato à vice-presidência na chapa de Bolsonaro?

© REUTERS / Adriano MachadoPresidente Jair Bolsonaro e ministro da Defesa, Walter Souza Braga Netto, conversam após encontro em Brasília, 22 de julho de 2021.
Presidente Jair Bolsonaro e ministro da Defesa, Walter Souza Braga Netto, conversam após encontro em Brasília, 22 de julho de 2021. - Sputnik Brasil, 1920, 22.03.2022
Nos siga noTelegram
Especiais
Nos últimos dias, as fichas do presidente Jair Bolsonaro (PL) estão apostadas em um nome para compor sua chapa na corrida eleitoral de 2022.
Caso Braga Netto, general e ministro da Defesa, se confirme pré-candidato à reeleição do atual mandatário, essa aliança consolidará a presença dos militares na política para além dos últimos três anos — algo incomum desde a redemocratização do país no fim dos anos 1980.
Em Brasília, o presidente Jair Bolsonaro (à esquerda) posa ao lado do ministro da Educação, Milton Ribeiro, durante cerimônia em 22 de outubro de 2020. - Sputnik Brasil, 1920, 22.03.2022
Notícias do Brasil
Em áudio, ministro da Educação diz que favorece pastores evangélicos por ordem de Bolsonaro
Em conversa com a Sputnik Brasil, o cientista político Guilherme Carvalhido considera que Bolsonaro opta pela formação de um bloco ideológico em vez da negociação partidária tradicional, o que pode lhe causar problemas com o Congresso Nacional se conseguir se reeleger.

"A intenção ali é trazer uma chapa para fortalecer um histórico que Bolsonaro defende piamente, e sempre defendeu e jamais escondeu. Há todo um movimento diretamente colocado para se ter uma estrutura na qual se componha o retorno do Brasil em que a posição do presidente Bolsonaro é muito clara: de que o Brasil era mais feliz na Ditadura Militar, que ali havia um país mais organizado, mais ordeiro e com mais crescimento econômico. E não o contrário, inclusive o presidente Lula contrapõe essa questão", pondera ele.

Em sua avaliação, apesar da fama de impaciente, Braga Netto tem características de personalidade que combinam com as de Bolsonaro.

"Mesmo ele tendo essas características psicológicas, isso traz muito o perfil que Bolsonaro deseja ao processo [eleitoral]. Mesmo ele sendo de pavio curto, isso agrega valor à campanha de Bolsonaro porque Bolsonaro também se mostra com esse perfil. Fazer uma chapa 'raiz' com duas personalidades em que há respostas imediatas, pouco politizadas ou pouco políticas, se comparadas à tradição nacional, à tradição do diálogo como o principal. Isso traz um perfil mais parecido com o que Bolsonaro deseja e com o que ele fez em 2018”, observa.

Por ser um político mais fincado na formação de blocos ideológicos do que em uma base partidária tradicional, Bolsonaro deve ter problemas em um virtual segundo mandato.
"Ele prefere fazer política durante o mandato e não fazer essa negociação. A meu ver, isso dificulta as negociações com o Congresso Nacional, pois torna a governabilidade complicada. Porém, é uma maneira de fazer política. É o modus operandi do presidente Bolsonaro", afirma Carvalhido.
Jair Bolsonaro visita às instalações do Comando do Exército ao lado do comandante Paulo Sérgio Nogueira (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 22.03.2022
Notícias do Brasil
Mídia: com possível saída de Braga Netto da Defesa, Bolsonaro avalia troca no comando do Exército
Apesar disso, pelo fato do atual chefe do Executivo ter entrado em acordo com o centrão na metade de seu mandato, após um atrito que quase o derrubou da cadeira presidencial, ele não deve ter dificuldade na negociação com o bloco.
"Não vejo dificuldade em ele refazer essa aliança com o centrão. Mas é sempre uma negociação complicada. O resultado eleitoral é chave para fazer esse movimento. Seria mais interessante para os partidos que essa composição fosse feita anteriormente, porque facilita os acordos políticos", opina.
O impacto da associação de Braga Netto, ex-interventor federal na Segurança Pública do Rio de Janeiro em 2018, na chapa de Bolsonaro não faz muita diferença em aspectos filosóficos e ideológicos, segundo o cientista político. Isso porque o atual vice, Hamilton Mourão, comunga das mesmas ideias conservadoras do meio militar com o seu colega de farda.

"Não que ele seja mais moderado do que Braga Netto, acho até que eles se aproximam bastante nesse sentido. Mourão é bastante conservador, só que quando ele se comunica com a sociedade, demonstra maiores elementos apaziguadores no seu discurso. O Braga Netto tende a ser mais direto na sua comunicação. A meu ver, ambos se aproximam muito dentro da escola conservadora, ou seja, são pessoas conservadoras na estrutura militar que defendem uma militarização da política. Ou seja, uma forma de apresentar o Brasil militarmente. Como foi feito por meio do Golpe de 64. Há uma diferença comunicativa, mas, do ponto de vista operacional e político, os vejo bastante parecidos", concluiu Carvalhido.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала