Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

UE aprova plano Bússola Estratégica visando implantar 5 mil soldados rapidamente em casos de crise

© REUTERS / Sarah MeyssonnierO presidente francês, Emmanuel Macron, a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, e o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, participam de uma entrevista coletiva em Versalhes, França, 11 de março de 2022
O presidente francês, Emmanuel Macron, a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, e o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, participam de uma entrevista coletiva em Versalhes, França, 11 de março de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 21.03.2022
Nos siga noTelegram
Projeto do bloco europeu também planeja melhorar a "mobilidade militar" da UE e desenvolver estratégias de segurança cibernética e espacial. Com o programa, bloco reafirma parcerias com OTAN, ONU, ASEAN e OSCE.
Nesta segunda-feira (21), a União Europeia aprovou o projeto Bússola Estratégica, novo plano de ação europeu que pretende reforçar sua política de defesa e que visa estabelecer uma capacidade de implantação rápida de até 5.000 soldados "para diferentes tipos de crise".

"A fim de poder agir de forma rápida e robusta sempre que eclodir uma crise, com parceiros se possível e sozinha quando necessário, a UE estabelecerá uma forte capacidade de destacamento rápido de até 5.000 soldados para diferentes tipos de crises; realizará exercícios regulares ao vivo em terra e no mar; estará pronta para implantar 200 especialistas em missão PCSD [Política Comum de Defesa e Segurança] totalmente equipados em 30 dias, inclusive em ambientes complexos […]", diz o comunicado do bloco europeu.

Além dessas iniciativas, a UE informa que tem como objetivo "melhorar a mobilidade militar" e fará "pleno uso do Fundo Europeu para a Paz para apoiar os parceiros".
Militares ucranianos comparecendo à cerimônia de abertura das manobras Rapid Trident 2017. - Sputnik Brasil, 1920, 18.03.2022
Panorama internacional
União Europeia estuda usar ativos confiscados de cidadãos russos para financiar Ucrânia
Além disso, o bloco planeja expandir uma estratégia espacial para segurança e defesa e "desenvolver ainda mais a Caixa de Ferramentas Ciberdiplomática e estabelecer uma Política de Defesa Cibernética do bloco para estar melhor preparada e responder a ataques cibernéticos".

"Os Estados-membros comprometeram-se a aumentar substancialmente seus gastos com defesa para corresponder à ambição coletiva de reduzir as lacunas críticas de capacidade militar e civil e fortalecer nossa Base Tecnológica e Industrial de Defesa Europeia", complementa o comunicado.

No que diz respeito a parcerias, o texto da União Europeia salienta a colaboração com a OTAN, ONU e parceiros regionais, incluindo a Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) e a Associação de Nações do Sudeste Asiático (ASEAN).
Representantes da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) em Donetsk, República Popular de Donetsk - Sputnik Brasil, 1920, 01.03.2022
Panorama internacional
República Popular de Donetsk: nacionalistas ucranianos capturaram cerca de 20 veículos da OSCE
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала