Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Presidente da Finlândia propõe aumentar cooperação militar com EUA e Suécia

© AP Photo / Olivier MatthysPekka Haavisto, ministro das Relações Exteriores da Finlândia, fala em coletiva de imprensa na sede da OTAN em Bruxelas, Bélgica, 24 de janeiro de 2022
Pekka Haavisto, ministro das Relações Exteriores da Finlândia, fala em coletiva de imprensa na sede da OTAN em Bruxelas, Bélgica, 24 de janeiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 21.03.2022
Nos siga noTelegram
De acordo com Saul Niinisto, a Finlândia pode mudar seu atual status quo militar, apesar de não decidir se isso significará se juntar à OTAN ou aumentar a parceria militar com ela.
As opções de segurança da Finlândia se resumem a aderir à OTAN ou aumentar a parceria militar com os EUA e a Suécia, afirmou Sauli Niinisto, presidente finlandês.
Em entrevista publicada no domingo (20) no jornal Financial Times, o chefe de Estado da Finlândia apontou a cooperação militar com Washington e Estocolmo como alternativa à filiação na Aliança Atlântica.
A primeira-ministra da Suécia, Magdalena Andersson, fala à mídia do lado de fora da residência oficial da primeira-ministra finlandesa, Sanna Marin, Kesaranta em Helsinque, Finlândia, 5 de março de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 08.03.2022
Panorama internacional
Candidatar-se à OTAN desestabilizaria a situação de segurança, diz primeira-ministra sueca
Niinisto sugeriu que, embora uma adesão de Helsinque à OTAN "pode [fazer] parecer que já não teremos preocupações", as alternativas incluem riscos que a Finlândia tem de reconhecer, incluindo uma escalada da situação na Ucrânia. No entanto, está claro que agora o posicionamento da Finlândia mudará, indicou ele.
"O ponto de partida é que estamos procurando algo diferente do que continuar assim. Todas essas alternativas têm uma vantagem de que nossa segurança melhorará, ou asseguramos que nossa estabilidade continua, e que podemos ter a certeza que vivemos em um ambiente seguro", disse o alto responsável finlandês ao Financial Times.
Segundo Niinisto, o aumento dos laços com os EUA e a Suécia tem sido discutido em encontros recentes com altos responsáveis desses países.
Durante décadas, a Suécia e a Finlândia não têm estado oficialmente alinhadas com nenhum bloco, mas se juntaram em 1997 com a Áustria à Parceria para a Paz (PIP, na sigla em inglês), uma organização da OTAN, aumentaram nos últimos anos o investimento militar, e a opinião pública se tornou mais favorável a se tornarem Estados-membros da Aliança Atlântica após o início da operação militar especial da Rússia na Ucrânia.
Apesar disso, a liderança de ambos os países nórdicos é mais cautelosa, com a premiê sueca Magdalena Andersson sugerindo que uma adesão à OTAN "desestabilizaria a situação de segurança na Europa".
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала