Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Onda antirrussa na Europa está perto de racismo flagrante, diz MRE da Rússia

© Sputnik / Sergei Guneev / Abrir o banco de imagensBandeiras da União Europeia e da Rússia em frente ao palácio presidencial, em Helsinque, capital da Finlândia
Bandeiras da União Europeia e da Rússia em frente ao palácio presidencial, em Helsinque, capital da Finlândia - Sputnik Brasil, 1920, 18.03.2022
Nos siga noTelegram
O chefe do Primeiro Departamento Europeu do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Aleksei Paramonov, afirmou que a onda antirrussa na Europa pode ser classificada quase como um racismo flagrante.

"Esperamos que Roma e outras capitais europeias, finalmente, acordem e se lembrem dos profundos interesses de seu povo", disse Paramonov à Sputnik. "E que a onda de racismo quase flagrante contra tudo que é da Rússia seja substituída por medidas bem pensadas e destinadas a buscar maneiras de garantir a segurança e a prosperidade de todo o continente europeu, não apenas de uma de suas partes."

O diplomata ressaltou ainda que, "no contexto da histeria antirrussa, as autoridades italianas esqueceram da noite para o dia os tratados e acordos bilaterais existentes".
"É decepcionante que a natureza especial das nossas relações e a experiência de cooperação bem-sucedida entre os dois países tenham dado lugar ao violento movimento russo-fóbico", declarou.
Militares ucranianos comparecendo à cerimônia de abertura das manobras Rapid Trident 2017. - Sputnik Brasil, 1920, 18.03.2022
Panorama internacional
União Europeia estuda usar ativos confiscados de cidadãos russos para financiar Ucrânia

Ataque à Embaixada de Belarus em Roma

Na noite do dia 8 de março, dois homens atacaram a embaixada de Belarus em Roma, na Itália. Um vídeo de uma câmara de segurança flagrou a ação dos criminosos e mostrou uma intensa explosão no prédio da missão diplomática belarussa no país.
Segundo a polícia local, o ataque teria ocorrido em protesto à operação militar especial da Rússia na Ucrânia, iniciada em 24 de fevereiro.
Vladimir Vasilkov, encarregado de negócios da República de Belarus na Itália, afirmou que a embaixada considera o ocorrido um atentado terrorista.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала