Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Mídia ocidental usa imagens de ataque ucraniano a Donetsk para criar desinformação contra Rússia

© Sputnik / Maksim Blinov / Abrir o banco de imagensEm Donetsk, na República Popular de Donetsk (RPD), um fragmento de um míssil ucraniano Tochka-U é visto em uma rua da cidade, em 14 de março de 2022
Em Donetsk, na República Popular de Donetsk (RPD), um fragmento de um míssil ucraniano Tochka-U é visto em uma rua da cidade, em 14 de março de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 17.03.2022
Nos siga noTelegram
Um jornal italiano utilizou imagens de um ataque das forças ucranianas em Donetsk para criar desinformações contra a Rússia.
O jornal italiano La Stampa publicou na quarta-feira (16) em seu portal uma foto de um ataque do Exército ucraniano em Donetsk, contudo, indicando que foi um suposto ataque russo que teria deixado vítimas em uma das cidades da Ucrânia.
A imagem mostra um idoso desesperado, tapando o rosto com as mãos, enquanto ao seu lado há um cadáver e ao fundo outros corpos entre os escombros, dando a entender que a imagem foi registrada logo após um ataque russo, com os títulos "Assim Kiev enfrenta o ataque final" e "O trauma das crianças que fogem de Lvov".
Popular jornal italiano usou na página principal uma foto do ataque com míssil Tochka-U no centro de Donetsk, mas no texto escreveram sobre um ataque a Kiev.
Contudo, a imagem foi registrada por Eduard Kornienko, correspondente da URA.RU, e retrata as consequências de um ataque das forças ucranianas, que na segunda-feira (14) lançaram um míssil contra o centro de Donetsk, o que custou a vida de 21 civis e deixou diversos outros feridos.
Moscou reagiu rapidamente, com a representante oficial do MRE russo, Maria Zakharova, qualificando o fato como "um exemplo de cinismo extremo".
"Esta falsificação é ilustrativa [...] Este é o mundo em que estão nos obrigando a viver durante os últimos anos, inventado pelos meios de comunicação ocidentais", declarou.
"Tudo isso servirá para uma apresentação impactante da informação em uma histeria antirrussa", ironizou.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала