Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Biden vetou entrega de jatos MiG-29 poloneses à Ucrânia para evitar guerra mais ampla, diz WSJ

© AP Photo / Alik KepliczAutoridades passam por caças estacionados no pátio, um Mig-29 da Força Aérea Polonesa, à esquerda, um F-16 da Força Aérea Polonesa, ao centro e um F-22 Raptor dos EUA em uma base militar em Lask, Polônia, segunda-feira, 31 de agosto de 2015
Autoridades passam por caças estacionados no pátio, um Mig-29 da Força Aérea Polonesa, à esquerda, um F-16 da Força Aérea Polonesa, ao centro e um F-22 Raptor dos EUA em uma base militar em Lask, Polônia, segunda-feira, 31 de agosto de 2015 - Sputnik Brasil, 1920, 11.03.2022
Nos siga noTelegram
Publicação do Wall Street Journal (WSJ), citando fontes na Casa Branca, disse que a decisão dos EUA de negar jatos poloneses MiG-29 à Ucrânia veio diretamente de Joe Biden.
O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, vetou a proposta da Polônia de enviar caças poloneses MiG-29 para a Ucrânia, "a fim de evitar provocar a Rússia a confrontar diretamente a OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte), informou o WSJ nesta sexta-feira (10).
A reportagem relembra que os Estados Unidos forneceram à Ucrânia outras armas e assistência, como armas antiaéreas e antitanques, e chama de "fiasco" as ações do presidente norte-americano ante a operação especial da Rússia na Ucrânia.
Apresentação da equipe acrobática composta por quatro aeronaves MiG-29, em homenagem ao Dia do Defensor da Pátria, em aeródromo em Maikop, na Rússia - Sputnik Brasil, 1920, 08.03.2022
Panorama internacional
Polônia se diz pronta para fornecer caças MiG-29 à Ucrânia, mas aguarda sinal da OTAN
Hoje (11), mais cedo, Biden disse que os Estados Unidos defenderiam o território dos Estados membros da OTAN, mas que entregar o caça de um membro da aliança militar à Ucrânia poderia levar a uma terceira guerra mundial. Ele também descartou entrar no conflito pela Ucrânia.
Durante os comentários, ele comentou a movimentação de mais de 12.000 forças norte-americanas ao longo das fronteiras com a Rússia.
De acordo com relatos anteriores, os EUA não aprovaram a ideia da Polônia, de transferir caças para a Ucrânia a partir dos EUA e da base aérea da OTAN, na Alemanha, acreditando que isso levaria a uma escalada do conflito atual.
A secretária de imprensa da Casa Branca, Jen Psaki, disse anteriormente que a transferência de outros tipos de armas é diferente do fornecimento de aeronaves de combate "que podem cruzar uma fronteira e realmente realizar operações em solo russo".
O presidente dos EUA, Joe Biden, discursa na Filadélfia em 11 de março de 2022. - Sputnik Brasil, 1920, 11.03.2022
Panorama internacional
Biden: EUA enviaram mais de 12 mil soldados até fronteiras da Rússia para 'defender a OTAN'
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала