- Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Bolsonaro diz que paridade no petróleo 'não pode continuar'; após fala ações da Petrobras caem 5,14%

© Isac Nóbrega / Palácio do Planalto / CC BY 2.0Palavras do Presidente da República Jair Bolsonaro na Cerimônia alusiva ao Dia Mundial de Doenças Raras, 3 de março de 2022
Palavras do Presidente da República Jair Bolsonaro na Cerimônia alusiva ao Dia Mundial de Doenças Raras, 3 de março de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 07.03.2022
Nos siga noTelegram
Presidente anunciou que marcou reunião para hoje (7) com ministros para tratar do preço dos combustíveis e que procurará uma "solução de forma bastante responsável".
Após o presidente, Jair Bolsonaro (PL), afirmar que haverá nesta segunda-feira (7) uma reunião entre os ministros da Economia e da Minas e Energia e a Petrobras para tratar dos custos dos combustíveis e criticar a política de preços da estatal, ações da empresa caíram 5,14%, segundo o G1.
Atualmente, a política de preços da Petrobras está relacionada à paridade no preço cobrado pelo petróleo no mercado internacional.

"Agora, tem uma legislação errada feita lá atrás que você tem a paridade com o preço internacional, ou seja, o que é tirado do petróleo, leva-se em conta o preço fora do Brasil, isso não pode continuar acontecendo. Estamos vendo isso aí sem mexer, sem nenhum sobressalto no mercado, e está sendo tratado hoje [7] à tarde em mais uma reunião", afirmou o presidente citado pelo portal.

De acordo com a mídia, Bolsonaro também disse que a questão do petróleo é "grave", mas poderá ser resolvida. Em sua visão, toda alta no preço do barril de petróleo não deve ser repassada ao consumidor.
"Se você for repassar isso tudo para o preço dos combustíveis, você tem que dar um aumento em torno de 50% nos combustíveis, não é admissível você fazer. […] A população não aguenta uma alta por esse percentual aqui no Brasil", disse.
O mandatário completou sua fala declarando que "nós vamos buscar uma solução para isso [para política de preços da Petrobras] de forma bastante responsável".
Palavras do Presidente da República, Jair Bolsonaro, 14 de janeiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 17.01.2022
Notícias do Brasil
Bolsonaro diz que alto preço dos combustíveis é resultado de 'roubalheira' na Petrobras
O barril de petróleo do tipo brent chegou a US$ 139 (R$ 706) na madrugada desta segunda-feira (7), maior cotação desde o recorde de US$ 147,50 (R$ 749) de julho de 2008. O aumento ocorre diante do temor de uma escalada nas sanções ocidentais após a operação especial militar da Rússia na Ucrânia.
Caro visitante, tendo em vista o risco de a Sputnik Brasil sofrer bloqueios na Internet, para você não perder nosso conteúdo se inscreva em nosso canal no Telegram.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала