- Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

PGR não vê crime na presença de Carlos Bolsonaro em viagem à Rússia, mas pede mais informações

© Folhapress / Pedro LadeiraO vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro, 6 de maio de 2021.
O vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro, 6 de maio de 2021. - Sputnik Brasil, 1920, 02.03.2022
Nos siga noTelegram
A Procuradoria-Geral da República (PGR) informou ao Supremo Tribunal Federal (STF) nesta quarta-feira (2) que não identificou irregularidade na presença do vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) e do assessor Tercio Arnaud na comitiva que acompanhou o presidente Jair Bolsonaro em recente viagem oficial à Rússia.
Apesar disso, a PGR pediu ao Supremo que solicite ao Planalto mais informações sobre a viagem, ressaltando que a resposta deve ser facultativa "em virtude da preservação de sigilos legais", noticiou o G1.
A manifestação da procuradoria ocorre após um pedido de investigação do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP).
O pedido foi apresentado no âmbito do inquérito que investiga a atuação de uma milícia digital, que atuaria para atacar o sistema eleitoral brasileiro.
Como já informado pela Polícia Federal ao Supremo, assessores da presidência e aliados do presidente Jair Bolsonaro integram esse grupo, apelidado de "gabinete do ódio".
O presidente Jair Bolsonaro esteve na Rússia entre 14 e 16 de fevereiro.
© Sputnik / Vyacheslav ProkofievJair Bolsonaro e Vladimir Putin, presidentes do Brasil e da Rússia, após encontro oficial no Kremlin, Moscou, Rússia, 16 de fevereiro de 2022.
Jair Bolsonaro e Vladimir Putin, presidentes do Brasil e da Rússia, respectivamente, após encontro oficial no Kremlin, Moscou, Rússia, 16 de fevereiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 03.03.2022
Jair Bolsonaro e Vladimir Putin, presidentes do Brasil e da Rússia, após encontro oficial no Kremlin, Moscou, Rússia, 16 de fevereiro de 2022.
Em Moscou, a comitiva brasileira atendeu a diversos compromissos diplomáticos, cujos objetivos eram fortalecer os laços estratégicos entre Rússia e Brasil, principalmente no que diz respeito às relações comerciais.
Além disso, o Brasil mostrou que pretende aprofundar a cooperação nos setores de defesa e do agronegócio.
Em coletiva de imprensa, Bolsonaro ainda falou na formação de uma aliança tecnológica entre os países nas áreas de nanotecnologia, biotecnologia, inteligência artificial, tecnologias da informação e telecomunicações.
No encontro, o presidente russo Vladimir Putin destacou que o Brasil é o principal parceiro de Moscou na América Latina.
Segundo dados do governo brasileiro, os países somaram US$ 7,5 bilhões (R$ 38,7 bilhões) em trocas comerciais em 2021.
Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, durante cerimônia no Palácio do Planalto, 25 de fevereiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 01.03.2022
Notícias do Brasil
'Não se resolve com soco na mesa': de que lado está o Brasil no conflito entre Rússia e Ucrânia
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала