Manhã com Sputnik Brasil: destaques desta terça-feira, 1º de março

© REUTERS / MARTON MONUSCriança refugiada da Ucrânia em Budapeste, Hungria, 28 de fevereiro de 2022
Criança refugiada da Ucrânia em Budapeste, Hungria, 28 de fevereiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 01.03.2022
Nos siga noTelegram
Bom dia! A Sputnik Brasil está acompanhando as matérias mais relevantes desta terça-feira (1º), marcada pelo pedido oficial enviado por Zelensky à UE sobre a entrada da Ucrânia na União, pelas novas sanções contra a Rússia e pelo incidente a tiros em uma igreja na Califórnia.

Brasil vai receber ucranianos refugiados do conflito em seu país, assegura Bolsonaro

Nesta segunda-feira (28), o presidente Jair Bolsonaro confirmou que o Brasil está disposto a receber ucranianos em fuga do conflito no seu país. De acordo com o mandatário, até esta terça-feira (1º) será divulgada uma portaria conjunta dos ministérios da Justiça e do Exterior que permitirá acolher os refugiados. "Vamos abrir a possibilidade de ucranianos virem para o Brasil através do visto humanitário, que é a maneira mais fácil de vir para cá", disse o chefe do Executivo em entrevista à rádio Jovem Pan. Segundo os dados da ONU, desde o início da operação militar especial na Ucrânia, anunciada pelo presidente russo, Vladimir Putin, 422 mil pessoas fugiram do país do Leste Europeu. Porém, em entrevista, Bolsonaro não especificou o número de cidadãos ucranianos que admitirá acolher.
© REUTERS / KAI PFAFFENBACHMulher refugiada da Ucrânia na fronteira com a Polônia, 28 de fevereiro de 2022
Mulher refugiada da Ucrânia na fronteira com a Polônia, 28 de fevereiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 01.03.2022
Mulher refugiada da Ucrânia na fronteira com a Polônia, 28 de fevereiro de 2022

Fevereiro foi o pior mês de contágio por COVID-19 no Brasil

Em fevereiro, foram registrados mais de 3,3 milhões de contágios por coronavírus, o número recorde de casos confirmados da COVID-19 desde o início da pandemia. Como comparação, janeiro teve 3,1 milhões de registros, sendo até então o mês com o maior número de infecções. Nas últimas 24 horas, o Brasil confirmou mais 248 mortes e 21.250 casos de COVID-19, totalizando 649.443 óbitos e 28.786.072 diagnósticos da doença, informou o consórcio entre secretarias estaduais de saúde e veículos de imprensa. As médias de casos e de mortes, entretanto, mostram uma queda de 40% e 20% respectivamente. Vale destacar ainda que 80,35% da população brasileira tomou a primeira dose. No total, 72,23% dos brasileiros já completaram seu curso de vacinação.
© REUTERS / ADRIANO MACHADOHomem observa monumento às vítimas da COVID-19 no Brasil, Brasília, 16 de fevereiro de 2022
Homem observa monumento às vítimas da COVID-19 no Brasil, Brasília, 16 de fevereiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 01.03.2022
Homem observa monumento às vítimas da COVID-19 no Brasil, Brasília, 16 de fevereiro de 2022

União Europeia recebe pedido sobre adesão da Ucrânia

O presidente ucraniano, Vladimir Zelensky, assinou a solicitação formal da Ucrânia para se juntar à União Europeia em meio à operação militar russa, informou ontem (28) o Parlamento do país. Antes, no mesmo dia, Zelensky lançou um apelo à UE para deixar de debater indefinidamente a adesão e aceitar imediatamente o seu país na União. A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, ao comentar o pedido ucraniano, disse que a adesão à UE requer um processo de profunda transformação e não pode ser implementada apenas em alguns meses. Enquanto isso, as negociações entre as delegações de Moscou e Kiev terminaram ontem (28) em Belarus, mas sem resultados significativos anunciados. Os representantes da Rússia e da Ucrânia definiram vários temas-chave que serviram de base para o primeiro esboço das decisões e acordaram continuar as conversações nos próximos dias.
© REUTERS / Assessoria da Presidência da UcrâniaPresidente ucraniano, Vladimir Zelensky, assina pedido oficial de adesão da Ucrânia à UE, em Kiev, 28 de fevereiro de 2022
Presidente ucraniano, Vladimir Zelensky, assina pedido oficial de adesão da Ucrânia à UE, em Kiev, 28 de fevereiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 01.03.2022
Presidente ucraniano, Vladimir Zelensky, assina pedido oficial de adesão da Ucrânia à UE, em Kiev, 28 de fevereiro de 2022

Sanções globais contra Rússia se ampliam

A Rússia foi expulsa da Copa do Mundo após ter sido suspensa de todas as competições internacionais, anunciaram a FIFA e a UEFA em comunicado conjunto. Além disso, o órgão dirigente do futebol europeu encerrou também a sua parceria com a gigante russa da energia Gazprom. A empresa americana Mastercard disse que bloqueou múltiplas instituições financeiras da sua rede de pagamentos. A Disney anunciou o cancelamento da estreia de seus filmes na Rússia pela situação na Ucrânia, virando o primeiro estúdio de Hollywood a dar tal passo. A Disney foi seguida pela Sony Pictures, que anunciou medidas idênticas. As fabricantes de automóveis Volvo, Volkswagen, General Motors, Harley-Davidson, Daimler Truck e Scania suspenderam as entregas de seus carros na Rússia. Taiwan declarou que também se juntará à desconexão dos bancos russos da rede de transações SWIFT, enquanto o Japão introduziu sanções pessoais contra Vladimir Putin, Dmitry Medvedev, Sergei Lavrov, Sergei Shoigu, Nikolai Patrushev e Valery Gerasimov.
© REUTERS / NICHOLAS PFOSILogo da empresa Disney
Logo da empresa Disney - Sputnik Brasil, 1920, 01.03.2022
Logo da empresa Disney

Cinco pessoas morrem na sequência de incidente a tiros em igreja na Califórnia

Um tiroteio em uma igreja em Sacramento, capital do estado americano da Califórnia, na tarde desta segunda-feira (28), resultou em cinco mortes, de acordo com as autoridades locais. Três adolescentes, todos menores de 15 anos, foram atingidos mortalmente por seu pai. Depois, o homem matou mais um adulto, antes de se suicidar. "Mais um ato insensível de violência armada na América, desta vez muito perto de nós, na igreja com as crianças dentro. Absolutamente devastador. Nossos corações estão com as vítimas, suas famílias e comunidades. Estamos trabalhando de perto com a polícia local", disse o governador da Califórnia, Gavin Newsom. "Este é, tanto quanto posso ver neste momento, um incidente relacionado com violência doméstica", afirmou um representante da polícia da cidade.
© REUTERS / FRED GREAVESResidentes no local do tiroteio na igreja em Sacramento, Califórnia, EUA, 28 de fevereiro de 2022
Residentes no local do tiroteio na igreja em Sacramento, Califórnia, EUA, 28 de fevereiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 01.03.2022
Residentes no local do tiroteio na igreja em Sacramento, Califórnia, EUA, 28 de fevereiro de 2022

MRE da Síria: países ocidentais utilizam Zelensky em seus interesses

O presidente ucraniano não é um político, o Ocidente criou sua figura política e utiliza-o como um peão em seus interesses estratégicos, afirmou à Sputnik o vice-chanceler sírio, Bashar Jaafari. "Na minha opinião pessoal, Zelensky não provém de uma instituição política tradicional [...] Sua carreira política é resultado do golpe de Estado contra [o antigo] presidente Poroshenko [...] Zelensky está sendo usado como um peão pelo Ocidente em interesses estratégicos, e [o Ocidente] agora mina sua reputação ao envolvê-lo em um conflito com a Rússia. Neste contexto, ouvimos seu apelo para excluir a Rússia do Conselho de Segurança das Nações Unidas, como se estivéssemos em um desenho animado", se manifestou Jaafari. "Ninguém tem o direito de menosprezar o papel da Rússia no equilíbrio internacional e na manutenção da paz. Imagine se não houvesse a Rússia e a China no Conselho de Segurança da ONU, quantas guerras e intervenções não teria havido", acrescentou.
Caro visitante, tendo em vista o risco de a Sputnik Brasil sofrer bloqueios na Internet, para você não perder nosso conteúdo se inscreva em nosso canal no Telegram.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала