- Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Ucrânia sobre posicionamento de Bolsonaro: 'Não há espaço para neutralidade'

© REUTERS / Adriano MachadoO presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, ao lado do chanceler brasileiro, Carlos Franca, durante a cerimônia de inauguração do novo diretor brasileiro da hidrelétrica de Itaipu, Almirante Anatalicio Risden Junior, no Palácio do Itamaraty em Brasília, Brasil 22 de fevereiro de 2022
O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, ao lado do chanceler brasileiro, Carlos Franca, durante a cerimônia de inauguração do novo diretor brasileiro da hidrelétrica de Itaipu, Almirante Anatalicio Risden Junior, no Palácio do Itamaraty em Brasília, Brasil 22 de fevereiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 28.02.2022
Nos siga noTelegram
Representantes do governo ucraniano têm constantemente instado o Brasil a mostrar uma posição mais forte em relação ao conflito ucraniano, ressaltando que neste momento, relações bilaterais não interessam, mas sim uma resposta conjunta à crise.
No domingo (27), o presidente, Jair Bolsonaro, disse que o Brasil adotaria um posicionamento neutro diante da crise ucraniana uma vez que não quer "trazer as consequências do embate para o país", segundo o G1.
Hoje, a embaixadora ucraniana na ONU, Yevgenia Filipenko, disse que não há mais espaço para neutralidade e insistiu que chegou o momento de governos tomarem posições, de acordo com o UOL.
"Não há espaço para neutralidade na situação atual. Todos precisamos nos levantar para defender nossos princípios básicos. Eles garantem a todos os países sua soberania, integridade territorial e existência", disse a chefe da diplomacia da Ucrânia na ONU.
Uma visão geral mostra a sede do Ministério das Relações Exteriores da Ucrânia em Kiev, Ucrânia, 26 de março de 2018 - Sputnik Brasil, 1920, 25.02.2022
Notícias do Brasil
'Queremos reação mais forte', diz representante da Ucrânia no Brasil sobre posicionamento brasileiro
A mídia questionou sobre como a embaixadora analisava a relação entre Bolsonaro e o líder russo, Vladimir Putin. Em sua resposta, Filipenko disse que o momento exige um posicionamento diferente.
"Nesse momento, as relações bilaterais não interessam. O que importa é a resposta conjunta diante das violações. Se fracassarmos agora, então ninguém estaria seguro nesse planeta. Nem aqui e nem na América Latina. É sobre nossa segurança que estamos falando", afirmou.
Na quinta-feira (26), Bolsonaro determinou que os comunicados do Itamaraty sobre a crise na Ucrânia serão aprovados por ele, conforme noticiado.
Переговоры России и Украины в Гомельской области - Sputnik Brasil, 1920, 28.02.2022
Panorama internacional
Negociações entre Rússia e Ucrânia iniciam em Belarus (VÍDEO)
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала